Metalúrgicos de Guarulhos mobilizam mais de dois mil contra reforma da Previdência

Da Redação

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região comandou na manhã de hoje protestos em três fábricas: Fabrima (Bonsucesso), Tower e Mahle (ambas em Arujá). Os atos, que fizeram parte do Dia Nacional de Lutas em Defesa da Previdência, organizado pelas Centrais Sindicais, mobilizaram mais de dois mil trabalhadores da categoria.

As manifestações começaram pela Tower, depois chegaram à Mahle e Fabrima. O presidente do Sindicato, José Pereira dos Santos, esteve nas três empresas. Ele alertou os trabalhadores sobre as maldades da reforma previdenciária que Bolsonaro encaminhou ao Congresso Nacional.

Pereira afirma: “Se querem uma nova Previdência, apresentem uma proposta decente e debatam com o povo. Não somos contra reformas. Mas queremos reformas justas, para que o trabalhador possa se aposentar dignamente”.

O Sindicato também participa do ato unitário, a partir das 16h, no vão livre do Masp, na avenida Paulista, na Capital.

Imagem: Divulgação