Mesmo com 634 casos, cidade não registrou nenhuma morte por sarampo

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Mayara Nascimento

Na contramão do Estado de São Paulo, que já contabiliza 13 mortes por sarampo, Guarulhos não registrou nenhum óbito pela doença nos últimos quatro anos. De janeiro até agora, 634 casos foram confirmados na cidade.

Na última campanha de vacinação, encerrada na sexta-feira (25), que foi destinada às crianças de seis meses a quatro anos, foram aplicadas 4.089 doses.

O esquema vacinal vigente estabelece a administração de uma dose com um ano de idade e outra aos 15 meses. Jovens até 29 anos de idade devem ter duas doses, com intervalo mínimo de um mês. Pessoas entre 30 a 59 anos de idade devem possuir uma dose, e aqueles com 60 anos ou mais não precisam ser vacinadas.

Além disso, por determinação do Centro de Vigilância Epidemiológica Estadual, também estão sendo vacinadas as crianças entre seis a 11 meses de idade, uma vez que Guarulhos entrou na lista das cidades do Estado de São Paulo em situação de surto da doença. A imunização desta nova faixa etária ficará em vigor até quando os municípios não apresentarem casos confirmados da doença nos últimos 90 dias.

Imagem:Marcello Camargo Jr/Agência Brasil