Mesa de debates discute a Lei Seca e suas consequências

Da Redação

O Grupo de Segurança Viária, formado pela Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Estadual, entre outras instituições públicas e privadas, promoveu nessa terça-feira (29), na Faculdades Integradas de Guarulhos (FIG-Unimesp), na Vila Rosália, debate sobre a Lei Seca, com a participação de cerca de 120 alunos do curso de Direito e professores e coordenadora pedagógica da faculdade, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).


O encontro começou com a explanção do educador de trânsito, Roberto Pardinho, que falou sobre o tripé do trânsito seguro (engenharia, educação e esforço legal) e também sobre fatores de risco elencados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em seguida, o tenente Sílvio Rodrigues, do Policiamento Militar Rodoviário, e o inspetor Victor Grutter, chefe operacional da Polícia Rodoviária Federal, discorreram sobre a legislação específica da Lei Seca e seu cumprimento por meio da fiscalização, causas e custos dos acidentes de trânsito.  Cláudio Henrique, delegado de polícia titular de Santa Isabel, tratou dos aspectos legais da Lei Seca, seus impasses e desafios.

Além dos assuntos abordados, destacou-se a redução dos óbitos no município de Guarulhos em 2019, por força da integração realizada pelo Grupo de Segurança Viária.
Também, na ocasião, foi formalizado o convite para o 2º Seminário de Segurança Viária que acontecerá no próximo dia 26 de novembro, no Adamastor, para tratar do esforço legal (legislação, policiamento e Justiça).

Fonte: Prefeitura de Guarulhos