Maior parte das vítimas de coronavírus na cidade tem menos de 60 anos

SP - INAUGURAÇÃO-CENTRO-COMBATE-CORONAVÍRUS-GUARULHOS - GERAL - Inauguração do Centro de Combate ao Coronavírus, no Parque Cecap, em Guarulhos (SP), nesta sexta-feira (27). 27/03/2020 - Foto: RÔMULO MAGALHÃES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Da Redação
A maioria dos guarulhenses que contraíram coronavírus (covid-19) tem idade inferior a 60 anos, contrariando as estatísticas mundiais que revelam ser este o público mais suscetível a doença. A informação foi dada ontem pelo secretário da Saúde, José Mario Clemente. Segundo ele, mais de 50% dos casos são registrados em pessoas com idades entre 30 e 59 anos.

“Nenhum de nós está isento de contrair a infecção. Todo o cuidado que tivermos é pouco”, afirmou ele, ao lado do prefeito Guti, durante a live realizada nas redes sociais.

A Secretaria de Saúde recebeu ontem a confirmação de mais 12 casos de coronavírus em Guarulhos, sendo nove do sexo masculino, com idades entre 37 e 68 anos, e três do sexo feminino, com 29 e 46 anos, além de uma terceira que não teve a idade informada. Com isso, de 1.691 casos suspeitos, 42 foram confirmados, um crescimento de 40% em relação a quarta- feira, 145 descartados e 1.504 estão sob investigação. O número de óbitos permanece o mesmo, quatro, enquanto que as mortes suspeitas, cujas causas podem ser o covid-19, são 17.

O secretário de Saúde afirmou que muito provavelmente óbitos que estão sob investigação serão confirmados. “Nós temos que levar muito a sério, mas não estamos acostumados a levar a sério quando o incêndio ainda não chegou a nossa casa. Mas eu digo a vocês, esperamos que não pegue fogo na casa inteira. Porque nós temos que conseguir, com o isolamento social, que isso não ocorra”, disse.

Para passar por este momento com o máximo de pessoas sem ter mais problemas, sem perder familiares, o prefeito Guti fez um apelo à população. “Temos projeções econômicas para Guarulhos que são muito ruins financeiramente. Estamos falando de 7% a 8% de diminuição no nosso orçamento. É muita coisa, mas a vida das pessoas vem em primeiro lugar. A única coisa que não volta é uma pessoa que perdeu a vida. Então a gente precisa trabalhar da melhor forma e precisamos da ajuda de vocês, portanto fiquem em casa!”, pediu.

Desejando o melhor cenário, mas se preparando para o pior, nesta sexta-feira (03) a prefeitura conclui o complexo do Centro de Combate ao Coronavírus (3C-Gru), localizado ao lado do Clube Cecap (avenida Odair Santaneli, 101). A estrutura de hospital de campanha, que conta com equipamentos de tomografia e ultrassonografia e com 71 leitos, sendo dez de alta complexidade com apoio de respiradores (UTI), funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, para atender pacientes com a Covid-19. Antes de atender pacientes, o espaço passará por um completo processo de higienização e por treinamento do pessoal. No local, desde o dia 27 de março está sendo realizada a triagem de pessoas com suspeita da doença, tanto no sistema drive-thru, com capacidade para atender até seis carros simultaneamente, quanto de pedestres, das 7h às 19h.

Brasil e mundo
Mais de um milhão de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) foram registrados em todo o mundo, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins divulgada ontem. Deacordo com os dados, ao menos 1.002.159 casos de infecção, com 51.485 óbitos, foram detectados em 188 países e territórios.

No Brasil o número de casos confirmados subiu para 7.910, conforme atualização do Ministério da Saúde. Já o total de mortes chegou a 299.

Imagem: Rômulo Magalhães/Estadão

- PUBLICIDADE -