Luzes de Natal, bolo e show de rock com a Orquestra Jovem marcam os 460 anos de Guarulhos

As tradicionais luzes de Natal que encantam e trazem brilho à cidade foram acesas no início da noite desta terça-feira (8), data em que Guarulhos celebrou 460 anos. Durante o evento no Bosque Maia, sem a presença do público, que neste ano por conta da pandemia ficou em casa e acompanhou a transmissão pelas redes sociais da Prefeitura de Guarulhos, o prefeito Guti deu início à contagem regressiva para a iluminação da árvore e destacou a importância do investimento de empresas da cidade para tornar o Natal dos guarulhenses ainda mais especial.

“A árvore fica ainda mais bonita iluminada, um presente para a cidade em seu aniversário de 460 anos. Para isso, vale lembrar que não foram gastos recursos públicos com a iluminação; mais uma vez, a Bauducco se interessou pelo edital de chamamento e o resultado é esse, um Natal cheio de luz e esperança para a cidade”, comemorou o prefeito.

A celebração contou ainda com bolo de aniversário e “parabéns a você” em ritmo de rock and roll, puxado pelo maestro Emiliano Patarra, no Teatro Adamastor, na abertura do Rock em Concerto. O espetáculo virtual reuniu a Orquestra Jovem Municipal, bandas e artistas independentes da cidade em um grandioso evento, projeto realizado pela Associação Cultural Rock Guarulhos, que por meio do FunCultura foi contemplado com recursos federais da Lei Aldir Blanc.

“Vamos seguir trabalhando duro para que a cidade de Guarulhos seja cada vez mais referência em educação, cultura e esporte e em qualidade de vida para todos os cidadãos”, enfatizou Guti.

O regente Emiliano Patarra explicou que, para atender todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, as orquestras de Guarulhos vêm cumprindo a Temporada 2020 com o elenco artístico reduzido, em apresentações online que prezam pelo virtuosismo de suas produções. “Esse é o modo que encontramos para continuar a entregar todo esse trabalho incrível e cheio de dedicação da Orquestra Jovem e da Gru Sinfônica, garantindo o máximo de segurança a todos os músicos”, pontuou o regente, lembrando que o mês de dezembro também marca o aniversário de 17 anos da Orquestra Jovem Municipal e um ano de criação da Gru Sinfônica.

A celebração do aniversário contou também com eventos culturais bastante significativos, como a live da Casa de Cultura Popular São Rafael, que reuniu artistas guarulhenses como Kimberly K, Humberto Sagawa, Marisol Nascimento, João Vitor, Leila e Lucas, Quarteto de Viola e Divas Gitanas, entre outros.

Os 460 anos de Guarulhos foram celebrados com a intensa programação da 12ª Mostra de Teatro de Rua de Guarulhos, com as exibições do documentário Poses para o Café, de Maria Andréia, e do curta-metragem Minha vida em Quarentena, da Cia. Bueiro Aberto, além do lançamento da música Boca do Mundo, do grupo Raízes de Baobá, e do espetáculo (In)Cômodos – A Mulher da Ponte, com a Cia. Em Comma. Até o dia 20 de dezembro a Mostra de Teatro de Rua apresenta programação virtual e gratuita, veiculada pela plataforma digital do Movimento Cabuçu no Facebook (https://www.facebook.com/Cabucucantareira).

Rock em Concerto: a música sem fronteiras

O evento era inusitado, afinal, quantas orquestras no país executam repertórios diferenciados, de bandas independentes e dedicam-se a mostrar que a música não conhece fronteiras? Pois essa é uma das especificidades das orquestras de Guarulhos: combinar diferentes manifestações culturais com a linguagem sinfônica, popularizando o gênero ao permitir que a orquestra estabeleça diálogo com o público.

Nessa apresentação, composições autorais das bandas Carbônica, Imperial Pilots, Reboco e Trend Kill Ghosts, além da canção Anjos, do músico Di.Britto, receberam arranjos orquestrais, uma iniciativa bastante ousada ao colocar a Orquestra Jovem para executar trabalhos cheios de garra e sagacidade.

A banda Carbônica abriu o espetáculo com o “parabéns a você” e logo emendou Se a Cidade Parar, canção explosiva de levada rápida, verdadeiro convite para se pensar em novas formas de encarar e transformar o cotidiano. Na sequência, Monster Inside You, da banda Imperial Pilots, mostrou uma composição altamente alternativa, que tem como referência filmes de suspense e terror e foi inspirada no longa Um Dia de Fúria, estrelado por Michael Douglas em 1993. Um concerto que mistura rock e música orquestral não ficaria completo sem um excelente e elementar heavy metal, aqui representado pela emocionante Deceivers, da banda Trend Kill Ghosts. E para coroar o espetáculo com melodias belíssimas, o evento contou ainda com Anjos, rock ballad do músico Di.Britto.

Para abrilhantar ainda mais o espetáculo, o Rock em Concerto também ofereceu ao público três versões de clássicos do rock, aquelas canções que nunca envelhecem e permanecem emblemáticas por gerações: Another Brick in the Wall e Holy Diver, um medley com a introdução de uma das mais conhecidas músicas do Pink Floyd com Ronnie James Dio, Wherever I May Roam, da banda norte-americana Metallica, e Perry Mason, de Ozzy Osbourne.

A escolha das bandas de Guarulhos para participação no projeto Rock em Concerto levou em consideração aspectos essenciais como visibilidade, alcance nas redes sociais, trajetória profissional e material lançado, priorizando músicos e artistas envolvidos e engajados com a produção artística e cultural da cidade. A equipe de curadoria, composta por músicos, artistas, jornalistas, radialistas e produtores musicais, também teve como foco a diversidade de vertentes do rock, de modo a oferecer ao público que vai assistir ao espetáculo de casa um encontro musicalmente variado.

Além de integrar a Temporada 2020 das orquestras de Guarulhos, Rock em Concerto é um dos 131 projetos aprovados pelo fundo municipal de Guarulhos, o FunCultura, contemplado com recursos federais da Lei Aldir Blanc (14.017/2020), que prevê auxílio emergencial para o setor cultural durante o estado de calamidade pública causada pela pandemia da Covid-19. Dessa forma, os recursos recebidos para execução do projeto vão movimentar a cadeia do setor cultural e beneficiar artistas, produtores e técnicos, entre outros. O projeto foi apresentado pelo proponente, músico e produtor cultural Ulisses Ribeiro Rocha, membro da Associação Cultural Rock Guarulhos.