Lounge de Entrada da Casacor SP 2018 é uma reflexão sobre a natureza

Da Redação

Da árvore centenária (e tombada) do Jockey Club de São Paulo, surge o Lounge de Entrada, assinado por Edson Lorenzzo para a Casacor São Paulo 2018. Um pergolado acompanha o eixo central do tronco e instiga quem estiver passando a parar e refletir sobre a permanência e o papel da natureza em um mundo tão urbano.

No interior a estrutura é discreta, leve. As poucas paredes e ausência de grandes quadros ou esculturas escondem a complexidade construtiva e conceitual do Lounge. O arquiteto queria construir uma “casa sem barreiras, nem mesmo vidro”, para que o contato com a exuberante mata ao lado fosse direto.

Ali, a vegetação é a protagonista, não um mero elemento decorativo. As plantas cercam todo o ambiente, o que permite uma interação única. O jardim jamais será o mesmo para um visitante que passa pelo local por mais de uma vez: galhos caem, flores nascem, novas folhas brotam. As poltronas e cadeiras dispostas pelo espaço convidam o público a sentar e contemplar a permanência pela renovação da natureza.

A inspiração para o projeto veio de uma das mestras da arquitetura moderna, Lina Bo Bardi e suas construções delgadas sempre com áreas verdes. O lounge, contudo, não usa o material tradicional modernista, o concreto. Trata-se de uma construção sustentável e seca, quase inteiramente de aço, o que lhe confere sua transparência.

O ambiente recebe os visitantes de portas abertas, propondo-lhes, imediatamente, um autoquestionamento acerca da relação homem/espaço/natureza e colocando cada um em sintonia com o tema de 2018 da Casacor, “A Casa Viva”, em uma bela manifestação de arquitetura.

Mostra
Em 2018, a Casacor São Paulo chega a sua 32ª edição com o tema “A Casa Viva” em 82 ambientes decorados (entre casas, lofts, lounges, salas, banheiros, estúdios e apartamentos) no Jockey Club de São Paulo. A mostra acontece até o dia 29 de julho, o visitante conferirá o que há de melhor no design de interiores, decoração, arquitetura e arte no Brasil.

Foto: Rômulo Fialdini/CasaCor