Justiça determina suspensão das aulas presenciais em Guarulhos até fim de maio

Uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou que as aulas presenciais em Guarulhos só poderão ser retomadas a partir de 31 de maio. O objetivo é que os profissionais da educação já estejam imunizados contra a covid-19. A decisão se estende também às unidades particulares.

A Prefeitura deverá antecipar o recesso escolar da rede pública durante o mês de maio e o ensino será remoto até o final do mesmo mês. Uma nova audiência está marcada para o dia 26 de maio onde uma nova decisão deve sair.