Janela de transferência agita mercado e altera plantéis de clubes paulistas

Bahia x Corinthians - Brasileiro A 2018 por Felipe Oliveira Crédito Obrigatório: Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia Fotos liberadas apenas para uso editorial O Direito Autoral é protegido pela Lei n.º 9.610 de 19/02/1998. Sempre que publicar uma foto, publique junto o crédito do fotógrafo.

Pedro Lacerda

Ainda que os torcedores aficionados estejam subindo pelas paredes com a falta de ver seus respectivos times de coração desfilando em campo, os clubes não param de trabalhar, mesmo com a pausa de um mês para a realização da Copa do Mundo.

Com um ano de poucos picos de euforia e muita contestação, o Santos Futebol Clube demitiu seu até então técnico Jair Ventura e o substituiu pelo experiente Ricardo Gomes, que assume a chefia da comissão técnica após grande período afasta, em virtude de problemas no coração. Coração este que o torcedor do Peixe precisará deixar preparado, o alvinegro da Vila Belmiro voltará do pós-Copa já com um grande: clássico contra o rival Palmeiras, na baixada santista. Dentre os reforços que podem chegar no Santos, destaque para o volante Jaílson (ex-Grêmio) e o meia Lucas Zelarayán, atualmente no futebol mexicano.

Já o primeiro adversário do Santos após a volta do campeonato brasileiro, o Palmeiras sentiu algumas perdas significativas este ano, sobretudo após a saída do atacante Keno para o Al Ahram Pyramids FC, do Egito, cujas funções no elenco são difíceis de serem equiparadas. O alviverde contratou o zagueiro Nícolas Freire, que atuava no PEC Zwolle, da Holanda e acertou o retorno do meia-atacante Gustavo Scarpa, após longo imbróglio do atleta com o Fluminense, seu antigo clube.

Terceiro colocado no campeonato brasileiro e com um desempenho interessantíssimo tendo o uruguaio Diego Aguirre à frente do time, o São Paulo Futebol Clube perdeu o volante Petros, que foi vendido ao futebol árabe, mas sacramentou a contratação do meia-atacante equatoriano João Rojas.

Por último e não menos importante, o Corinthians sente nitidamente a falta do técnico Fábio Carille, que foi comandar o Al-Wehda, da Arábia Saudita, e hoje encontra dificuldade na gestão da equipe, uma vez que Osmar Loss, interino que assumiu o alvinegro após a saída de Carille, não correspondeu as expectativas e tem o cargo ameaçado após três derrotas, dois empates e apenas uma vitória suada contra o América-MG, todos os jogos no campeonato brasileiro, além de uma derrota para o Millionarios da Colômbia, na Copa Libertadores. O time de parque São Jorge ainda pode perder peças importantes como o zagueiro Balbuena, o lateral-direito Fagner, que está junto com a seleção brasileira na Rússia e o meia-atacante Rodriguinho. O Corinthians acertou a renovação do atacante Emerson Sheik por mais seis meses na última sexta-feira (29) e está em negociações com o atacante Jonathas, atualmente no Hannover, da Alemanha.

Imagem: Felipe Oliveira EC Bahia