Intérpretes do Eniac transmitem aulas online a estudantes com deficiência auditiva

Da Redação

O Grupo Eniac tem feito todos os esforços para manter as atividades educacionais a todos os seus alunos, desde a pré-escola até a pós-graduação, durante a quarentena em combate à proliferação do novo coronavírus. A instituição disponibiliza aulas e avaliações por meio de plataformas onlines, possibilitando que os estudantes tenham acesso a todo o conteúdo programático mesmo em suas casas.

Dentro deste processo, a instituição também mantém o atendimento a alunos com deficiência auditiva. Nas aulas presenciais, as intérpretes Amanda Rodrigues, Leila Pantozo e Renata Delmindo ficam nas salas físicas e transmitem simultaneamente, em Língua Brasileira de Sinais (Libras), o que é dito pelos professores.

Diante da suspensão das atividades presenciais nas unidades do Eniac, em razão das recomendações feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a equipe de intérpretes, liderada pela coordenadora do curso de Pedagogia, professora Rosana Quitério, encontrou uma solução para que os estudantes surdos não sofressem um prejuízo acadêmico.

“As intérpretes, em suas casas, assistem às aulas online e fazem uma chamada de vídeo com o aluno deficiente auditivo. O surdo vê, na tela do computador, o professor transmitindo o conteúdo. Já no celular, ele visualiza a transmissão em Libras feita por nossas intérpretes. Tudo isso acontece em tempo real. Tentamos fazer de outras maneiras, mas não deu certo”, explicou Rosana. 

Segundo coordenadora, as intérpretes até tentaram gravar a transmissão em Libras, mas os vídeos ficaram muito longos para serem compartilhados com os alunos. “Fora do horário de aula, elas continuam prestando auxílio, o que já era normal nas atividades presenciais”, continuou Rosana.

Para Ruy Guérios, mantenedor do Eniac, a iniciativa é mais uma demonstração do grande empenho dos colaboradores da instituição. “É um momento que exige o zelo pela saúde de todos, mas a nossa missão de educar não pode ser paralisada. Gostaria de parabenizar a Rosana e a sua equipe pelo belo trabalho que estão realizando. São atitudes como essa que mostram o porquê o Eniac é diferente”, concluiu.