Intenso trabalho de formação de público está entre os destaques da Cultura neste ano

A nova gestão da Secretaria de Cultura, que tem como titular o vice-prefeito professor Jesus, adotou um novo ritmo à pasta. Nesse período, além de tomar pé da situação estrutural e administrativa de diversos equipamentos da Secretaria de Cultura, principalmente no que diz respeito a teatros, bibliotecas e patrimônios históricos, o gestor vem empenhando esforços para garantir a continuidade de projetos que objetivam a formação de um público consumidor de cultura.

A finalização do restauro do oratório do Sítio da Candinha, do baú e de uma cela feminina marcam as primeiras iniciativas de valorização do patrimônio histórico ao dialogar com o eixo IV do Plano Municipal de Cultura, que diz respeito à garantia da preservação do patrimônio cultural da cidade.

A pasta também finalizou o processo seletivo para a contratação dos profissionais da área de artes cênicas para o desenvolvimento de propostas pedagógicas dos cursos livres da Escola Viva de Artes Cênicas. A iniciativa vai contemplar o atendimento da comunidade guarulhense com a oferta de cursos de circo, dança e teatro para crianças, jovens e adultos.

A atuação dos agentes de leitura, jovens bolsistas do programa Mais Cultura em Guarulhos, que atuam junto a grupos da comunidade na realização de atividades literárias, é outra ação de destaque. Com os grupos dos CEUs de Guarulhos, os bolsistas participam também do Clube do Livro, encontros virtuais sobre obras de autores consagrados da literatura, uma iniciativa da Escola 360 para fomentar atividades diversificadas.

A gestão atual também determinou estudo minucioso para a criação de uma parceria público-privada (PPP) que possibilite a execução da Sala Guarulhos, espaço com capacidade para receber espetáculos de alto nível e grandes produções, além das atividades ligadas às áreas de dança, teatro e circo da Escola Viva de Artes Cênicas.

Mesmo em meio à pandemia, o Conservatório de Guarulhos também garantiu a abertura das inscrições para os cursos gratuitos de música, dentre os quais clarinete, flauta, viola caipira, viola de arco, violão, violino, violoncelo, piano, percussão, trompa, trompete, entre outros, vagas oferecidas a pessoas de todas as idades com conhecimentos musicais e também àqueles que já têm alguma especialização.

Em meio às comemorações de aniversário do Conservatório, que em 2021 completa 60 anos, há grande expectativa para a criação de uma plataforma digital com conteúdo feito especialmente para os alunos dos cursos, com exercícios, atividades de apreciação e material de apoio. A criação dessa plataforma digital é uma ação alinhada pelas orquestras de Guarulhos desde o início da pandemia, que resultou na oferta de toda a última temporada em formato digital, além dos encontros virtuais do Papo de Plateia Live.

Recentemente, os bate-papos virtuais sobre música com especialistas de diferentes áreas promovidos pelo Papo de Plateia Live ganharam mais um aliado, o Com Foco, em Casa!, uma iniciativa das secretarias de Educação e Cultura para amparar os instrumentistas ao longo do período de distanciamento social. A atividade está relacionada aos aspectos de formação dos instrumentistas da Orquestra Gru Sinfônica, que têm forte atuação junto ao ensino de música para alunos da rede municipal no Programa Saberes em Casa, e dos músicos da Orquestra Jovem, que não podem prescindir de estudos sistemáticos para aprimorar sua técnica.

O intenso trabalho de formação de público realizado pelas orquestras também garantiu, logo no início da gestão, o lançamento da Temporada 2021 das orquestras de Guarulhos. Muito embora as atividades estejam suspensas por conta da fase vermelha do Plano São Paulo, decretada pelo governo estadual, a continuidade das atividades musicais das orquestras se manifesta na garantia da oferta de espetáculos belíssimos, arquitetados de modo digital para que o artista possa, neste momento, chegar até onde o público está.

A pasta também tem se dedicado à intensa divulgação dos projetos culturais contemplados pelo Fundo Municipal de Cultura de Guarulhos, o FunCultura, que vêm sendo realizados com recursos federais da Lei Aldir Blanc desde o final do ano passado. Para conhecer os projetos financiados pelo FunCultura acesse https://www.guarulhos.sp.gov.br/article/links-de-divulgacao-dos-projetos-aprovados-pelo-inciso-iii e https://www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.