Instagram faz 10 anos com 1 bilhão de usuários ativos por mês

Criado em outubro de 2010, por Kevin Systrom e Mike Krieger, o Instagram rapidamente ganhou popularidade, não só pela facilidade de se aplicar filtros digitais nas suas imagens, mas também, de compartilhar o conteúdo nas outras redes sociais, como Facebook, Twitter, Tumblr, entre outras.

Com menos de dois anos de vida, a plataforma que já possuía 30 milhões de usuários, foi vendida para o Facebook por US$ 1 bilhão.

Hoje, o aplicativo já não é mais uma ferramenta de imagens, dando cada vez mais espaço para os vídeos, como os filtros Stories e Reels, além do App IGTV, que acabaram popularizando ainda mais a ferramenta juntos aos adolescentes e concorrendo com outras grandes redes sociais como Snapchat, Tik Tok e YouTube, tornando a plataforma mais comercial.

Porém, algumas mudanças desagradaram os seus usuários, como a maneira de exibição das imagens, que antes eram feitas em ordem cronológica e começaram a ser feitas com base em um algoritmo, algo parecido ao que já acontecia com o Facebook. Recentemente, a empresa de Mark Zuckerberg realizou a integração das mensagens do Instagram e do Messenger, unificando os contatos das duas plataformas, o que também irritou alguns usuários.

Atualmente o Instagram é a 5ª rede social mais popular do mundo, com 1 bilhão de usuários ativos por mês, ficando atrás do próprio Facebook (2,6 bilhões de usuários), do YouTube (2 bilhões), do WhatsApp (2 bilhões) e do WeChat (1,2 bilhão).

O Instagram é bastante popular entre os brasileiros que têm acesso à internet. Desde 2015, a presença de brasileiros na plataforma é maior do que a média global – naquele ano, 55% dos usuários de internet estavam presentes na rede social de fotografias, mais do que a média global de 32%. Em 2016, esse número subiu para 75%, mais do que os 42% da média global do mesmo ano.

Segundo especialistas, um dos motivos para a grande presença de brasileiros em mídias sociais e aplicativos como o Instagram é a combinação de um país bastante social com uma crescente penetração de smartphones no Brasil. Curiosamente, não se trata apenas de uma rede social utilizada pelos jovens – 57% dos usuários brasileiros de internet na faixa dos 55 aos 65 anos também usam o Instagram.