Indústria em Guarulhos registra aumento de vagas em seis setores

Indústrias

Lucy Tamborino

Seis setores da indústria na região composta por Guarulhos, Mairiporã, Santa Isabel e Arujá registraram abertura de novas vagas. Os destaques foram os setores de produtos de madeira se produtos diversos com aumento de 2,20% e 2,13%, respectivamente. 

Em sequência figuraram o setor de outros equipamentos de transporte com aumento de 0,78% postos de trabalho e veículos automotores e autopeças com mais de 0,60%. O setor de metalúrgica somou +0,42% vagas e produtos alimentícios registrou um suave aumento com+0,20%.

A maior queda de empregos foi à indústria de confecção de artigos do vestuário e acessórios fechou o mês de novembro com- 87,60% das vagas na região. O índice foi o maior responsável pelo resultado do fechamento de vagas no setor industrial. As outras áreas, com exceção de duas, não ultrapassaram -1%.

No acumulado do ano, confecção de artigos do vestuário e acessórios também figura como a área que mais reduziu vagas na região com -90,88%. No mês passado, o setor de bebidas junto com as indústrias de artefatos de couro, calçados e artigos para viagem, segunda e terceira maior redução de vagas, não somaram nem juntos -10%. O primeiro registrou -5,54% e o segundo – 2,70% fechamento de vagas em cada setor.

Já na indústria paulista os postos de trabalho foram reduzidos em novembro após o fechamento de 14,5 mil vagas (-0,67%), na série sem ajuste sazonal. A dispensa de funcionários temporários e o fim da safra agrícola levaram a esse resultado negativo já esperado para o mês. Com o ajuste sazonal, o índice segue também em queda (-0,13%).
Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil 

Já na indústria paulista os postos de trabalho foram reduzidos em novembro após o fechamento de 14,5 mil vagas (-0,67%), na série sem ajuste sazonal. A dispensa de funcionários temporários e o fim da safra agrícola levaram a esse resultado negativo já esperado para o mês. Com o ajuste sazonal, o índice segue também em queda (-0,13%).

Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil