Hospital Pimentas inicia campanha de prevenção ao suicídio

O Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso (HMPB), em Guarulhos (SP), administrado pelo IDGT, iniciará na próxima quarta-feira, 8 de setembro, a campanha Setembro Amarelo, voltada à prevenção do suicídio. A primeira ação será uma palestra com a equipe de psiquiatria, no estacionamento da unidade, a partir das 10 h, direcionada aos pacientes, familiares e funcionários.

No decorrer da semana serão realizadas consultas com psicólogos e psiquiatras, palestras sobre prevenção, atividades físicas, massoterapia, acupuntura, peça de teatro, roda de conversa e uma apresentação do coral do HMPB junto com convidados. As atividades irão até o dia 15 deste mês.

“Precisamos passar todo o conhecimento sobre este assunto ao maior número de pessoas. Assim, elas podem identificar e saber como dar assistência a quem precisar neste momento tão difícil. Esta campanha vem com o intuito de conscientizar a população sobre os riscos e o que fazer. Creio que as conversas e palestras que acontecerão na campanha irão direcionar uma quantidade grande de pessoas a dar a devida atenção aos sinais de familiares ou conhecidos que necessitam de uma atenção maior”, disse o diretor administrativo da unidade, Carlos Machado.

A psicóloga do Hospital Pimentas, Thais Tabata Adriano, também salientou a importância das atividades. “A campanha do Setembro Amarelo é fundamental para a realização de ações de prevenção ao suicídio. São abordados temas essenciais aos cuidados da saúde mental da população. É necessário falarmos sobre o suicídio e sobre a saúde mental para que as pessoas tenham mais informações e acesso aos serviços de referência”, explicou.
“Aderimos a essa campanha em prol da vida, pois precisamos sensibilizar as pessoas de que o suicídio não escolhe família e nem idade, podendo ocorrer onde menos se imagina. Em nossa unidade, recebemos alguns casos fatais com vítimas jovens”, comentou a gerente assistencial do Hospital Pimentas, Rosana Vieira.


Setembro Amarelo
Setembro Amarelo é o mês dedicado à prevenção do suicídio. Ela é realizada no Brasil (que é o oitavo país do mundo em número de suicídios) desde 2014. São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no país e mais de um milhão no mundo. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), no mundo, a cada 40 segundos uma pessoa se suicida, sendo a grande maioria homens entre 25 e 34 anos. A OMS afirma também que 90% dos casos poderiam ser prevenidos.

Caso esteja passando por problemas e não tenha com quem desabafar ou conversar, procure ajuda com o Centro de Valorização à Vida (CVV). O site do CVV é www.cvv.org.br.

- PUBLICIDADE -