Hospital da Criança disponibiliza a 1ª dose contra a covid-19 para funcionários não imunizados

Os profissionais dos serviços de urgência e emergência do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA) e que estão na linha de frente contra a covid-19 foram os primeiros a serem imunizados contra a doença no final de janeiro passado. Porém, muitos deles não puderam tomar a vacina na época ou não atuavam na área ainda. Com o repasse de um novo lote de 10 mil doses para essa finalidade ao município na última segunda-feira (3), o HMCA foi um dos que receberam os imunizantes e segue vacinando seus colaboradores.

Na semana passada o hospital iniciou a aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca em funcionários que tomaram a primeira no final de janeiro. “Desde a primeira dose eu já tinha a certeza de que estávamos no caminho certo. Tomar a segunda dá uma sensação de leveza. É uma luz no fim do túnel. A minha esperança se renova e acredito que dias melhores virão. Que todos possam ter o prazer de receber a vacina e que em breve possamos voltar à vida normal”, disse Igor Coelho, analista administrativo do HMCA.

Responsável pela aplicação da vacina, a enfermeira Liliane Fagundes de Assis disse que é um privilégio poder imunizar as pessoas. “Fico muito feliz em saber que todos estão sendo vacinados e protegidos. Sou grata por fazer parte da equipe de enfermagem e poder viver este momento tão esperado por todos nós que estamos na linha de frente.”

Ao todo, entre imunizantes Coronavac e AstraZeneca, o Hospital Municipal da Criança e do Adolescente já aplicou até o momento 1.188 vacinas em seus colaboradores. Desse total, 621 foram de primeiras doses e 567 da segunda.

- PUBLICIDADE -