Haddad: ‘Nossa gestão vai dialogar com todas as prefeituras, de todos os partidos’

Foto: Diogo Zacarias

Após cumprir uma série de agendas na cidade de Guarulhos, o pré-candidato ao governo paulista, Fernando Haddad, reiterou seu compromisso em ampliar o diálogo entre Estado e municípios a partir do ano que vem. “Quando fui ministro, fiz convênios com todos os prefeitos, independentemente de partido político. Nós vamos atender as pessoas republicanamente”, afirmou o petista, em coletiva de imprensa.

Para Haddad, foi essa postura republicana que garantiu grande parte dos avanços na Educação não só quando foi ministro da pasta, mas também enquanto prefeito da capital.

O pré-candidato disse, ainda, que ausência de diplomacia é o triste retrato do Brasil de Bolsonaro. “O que nós estamos vivendo no Brasil é uma anomalia. Bolsonaro não recebe prefeitos, não recebe governadores, e quando recebe é para convencer seus interesses políticos”, disse.

Visita a Guarulhos

Haddad chegou a Guarulhos na parte da manhã desta quinta-feira (30) para se reunir com lideranças partidárias, políticas, representantes de movimentos populares no Sindicato da Construção Civil. Depois, seguiu para a unidade local do Instituto Federal (IFSP), onde conversou com estudantes e professores. “Guarulhos é parte fundamental do nosso processo de reconstrução do Estado de São Paulo por tudo o que representa. Com população majoritariamente jovem, a cidade tem tudo para superar a crise a partir do investimento em Educação. O Instituto Federal da cidade, por exemplo, tem potencial enorme para oferecer mão de obra qualificada para atender às demandas de toda a região a partir do ano que vem”, declarou.

Em seguida, Haddad esteve com trabalhadores da Fundação para Remédio Popular (Furp) e, na sequência, visitou o Instituto da Mulher da cidade.

- PUBLICIDADE -