Hackathon busca soluções tecnológicas durante o Experimenta Educação

Da Redação

Uma das principais atrações do Experimenta Educação, evento acontece entre os próximos dias 17 e 19 de maio, no Adamastor Centro, será o Hackathon, maratona tecnológica que reúne estudantes do ensino médio, universitários, programadores e demais profissionais de tecnologia com o propósito de desenvolver soluções inovadoras para a gestão pública da educação e novas metodologias tecnológicas de ensino.

No formato hackathon, os participantes se dividem em grupos multidisciplinares, buscando o desenvolvimento de soluções inovadoras em plataformas web, dispositivos eletrônicos, equipamentos de uso pessoal ou aplicativos para smartphones e tablets. O melhor protótipo será premiado e incubado no Centro de Inovação Tecnológica Innovation Guarulhos e também no Média Lab. Menores com idade a partir dos 14 anos podem participar, desde que autorizados pelos pais ou responsável.  

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação, Rodrigo Barros, o Experimenta tem a missão de promover a cultura da inovação tecnológica na cidade de Guarulhos. “Além dos resultados e soluções práticas, trata-se de uma ação de politica pública para a ciência, tecnologia e inovação. É compromisso do governo Guti investir em medidas que colaborem para tornar Guarulhos uma cidade cada vez mais inteligente”, comenta.

Em seu terceiro ano, o Experimenta deve novamente mobilizar pesquisadores, professores, empreendedores, investidores e o público conectado à tecnologia. A cada nova edição, os participantes são chamados a abordar um tema de relevância para a sociedade sob a perspectiva da inovação tecnológica.  As inscrições seguem abertas até 06 de maio, no site experimenta.guarulhos.sp.gov.br/. O evento é organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI).

Imagem: Divulgação/PMG