Guti se reúne com Onix Lorenzoni para liberação de acesso do Trevo de Bonsucesso à via Dutra

- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Da Redação

O prefeito de Guarulhos, Guti, esteve ontem em Brasília, onde se reuniu com o ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, para solicitar a liberação pelo Governo Federal do acesso à rodovia Presidente Dutra da última alça de acesso do Trevo de Bonsucesso. Na semana passada, a Justiça liberou para a prefeitura a área que faltava para a conclusão do empreendimento. No entanto, a ligação do último viaduto à rodovia precisa da União, já que se trata de uma rodovia federal sob concessão da CCR NovaDutra. 

Com a liberação da área pela Justiça, com a emissão de posse para a prefeitura, as obras de ligação do Viaduto que ligará o lado de Bonsucesso à pista Rio São Paulo da Dutra serão retomadas nos próximos dias. A via chegará a uma pista marginal, próximo ao viaduto velho, que, atualmente, ainda não tem ligação com a pista lateral da rodovia. Ou seja, mesmo com a conclusão das obras de responsabilidade do Município, o acesso precisa da liberação por parte da concessionária, para que os veículos possam trafegar até próximo à entrada do Posto Sakamoto.

Segundo Guti, Lorenzoni, o homem forte do presidente da República, Jair Bolsonaro, foi bastante solícito em relação à reivindicação de Guarulhos. Imediatamente, ele agendou para esta quinta-feira uma nova reunião no Ministério da Infraestrutura para dar o andamento necessário para a liberação. 

Além de Lorenzoni, Guti – acompanhado do secretário de Governo, Peterson Ruan, e do adjunto de Transportes e Mobilidade Urbana, Márcio Pontes – se encontrou com o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para tratar de outros assuntos ligados a Guarulhos.

Com 95% das obras do Trevo de Bonsucesso concluídas desde o final do ano passado, a entrega final do empreendimento, que estava paralisado no início da atual gestão, ficou dependendo da liberação pela Justiça de uma área desapropriada. A prefeitura já havia feito o depósito judicial e esperava apenas a emissão de posse para concluir o último viaduto, que permitirá a ligação direta da região de Bonsucesso à marginal da Dutra. Estima-se que em dois meses os trabalhos estejam finalizados.

Imagem: Divulgação/PMG

- PUBLICIDADE -