Guarulhos tem 11 casos de suspeita de leptospirose

- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Lucy Tamborino

Após o período chuvoso, Guarulhos conta com 11 pessoas com suspeita de leptospirose. Os casos são investigados e ainda não há confirmação da doença, que pode levar a morte.

Só ano passado foram registrados 102 casos da doença e sete óbitos, mesma quantidade de óbitos em 2017, quando foram registrados 145 casos. A doença é causada por ratos, e para evitá-los a população pode colaborar com algumas medidas para evitar os roedores como, não deixar alimento a vontade para o cão, trocar a água do animal diariamente, manter o ambiente limpo, cuidar do lixo doméstico, separando e acondicionando adequadamente, entre outras.

A Secretaria Saúde afirmou que cuidados devem ser tomados no período de chuvas, como evitar o contato direto com água e lama proveniente de enchentes. Crianças, adultos ou animais também não devem ter proximidade com objetos que foram inundados, como estofados e tapetes, além de estofamentos e carpetes de veículos.

Toda a higienização dos itens deve ser realizada com hipoclorito de sódio (água sanitária) na proporção de 200 ml do produto para cada 20 litros de água. Todos os alimentos e remédios atingidos por água deverão ser descartados.

Imagem: Divulgação/PMG

- PUBLICIDADE -