Guarulhos registrou o aparecimento de um escorpião por dia desde o começo do ano

Mayara Nascimento

Somente neste ano 50 escorpiões foram notificados para a Secretaria de Saúde de Guarulhos, representando quase um aparecimento por dia. Deste total, 45 foram em janeiro e cinco em fevereiro. Até o momento foram contabilizados 11 acidentes envolvendo picadas do animal.

Entre os bairros notificados estão Vila Galvão; Itapegica; Parque Continental I, II e III; Recreio São Jorge; Ponte Alta; Jardins Santa Inês, Palmira, Santa Paula, Nova Cumbica, Guimarães, Sadokin, Centenário, Cumbica, Fortaleza; Vila Nova Bonsucesso e Água Chata.

Um novo caso está sendo acompanhado na rua Caminho Dois, no Parque Industrial Harami, região do bairro Água Chata, em uma empresa abandonada com mato alto. Dois escorpiões apareceram em uma empresa vizinha e em residências próximas. 

“Ano passado encontramos quatro escorpiões na empresa. Neste ano foram dois. Realizamos dedetização extra, mas não adianta cuidarmos do nosso espaço se o vizinho também não cuidar, pois todos sofrem as consequências”, informou um funcionário que não quis se identificar.

A Divisão Técnica do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realiza inspeção técnica e todos os procedimentos de busca ativa de espécimes, catação se necessário e orientações em relação às medidas de prevenção de acidentes e controle de animais conforme as normas técnicas que a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) preconiza. Após denúncia realizada pela Folha Metropolitana, o CCZ abriu a solicitação número 43/2020 para o atendimento. Os funcionários da Zoonoses foram até o local na sexta-feira (14).