Guarulhos registra 90 focos de queimadas em 2017

Por Pedro Lacerda

Guarulhos registrou 90 focos de queimadas no ano passado. Só no período de janeiro a maio de 2017, foram 15, três a menos do que os apresentados neste mesmo período deste ano, que já contabilizam 18. A cidade de Novo Horizonte, interior do Estado, apresenta o maior índice desde janeiro até o momento, com 247 focos de queimada. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Os resultados do satélite de referência permitem analisar as tendências espaciais e temporais dos focos, bem como as causas e consequências atreladas aos biomas e causas geográficas. No Brasil até o mês de maio, 10.065 focos de incêndio foram detectados, o que demonstra que só no Estado de São Paulo o número de 4.020 incêndios representa uma taxa de 40% do índice nacional. A cidade com o número de incêndios mais elevados do período é Guarantã, com 317 ocorrências (8%).

Guarulhos aparece com posições baixas nestas tabelas, por exemplo, de janeiro a maio do ano passado, com 15 queimadas, o município aparece na 75° posição das cidades de São Paulo, com 0,4% de participação. Até o fim do ano, o número subiu de 15 para 90. Em 2018, mesmo com três ocorrências em relação ao período comparado, a colaboração da cidade no ranking decresce para 0.3%.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil