Guarulhos prepara plano para eventual compra de vacina contra a covid-19

Com o anúncio feito nesta semana de mais duas pesquisas de vacinas contra o novo coronavírus na última fase de testes, totalizando seis no mundo até o momento no mesmo estágio – duas americanas, três chinesas e outra britânica –, o prefeito Guti já anunciou que R$ 12 milhões do orçamento municipal para 2021 serão reservados para a compra de doses contra a covid-19 caso o imunobiológico não seja repassado aos estados e municípios pelo Ministério da Saúde. A peça orçamentária com a reserva do recurso será enviada à Câmara Municipal em setembro.

Segundo o prefeito, Guarulhos somente irá comprar a vacina caso não receba as doses em quantidade suficiente para imunizar toda a população ou se o repasse demorar a ser efetuado. “Temos acompanhado várias notícias positivas sobre os testes realizados para a produção da vacina contra a covid-19, inclusive dando conta de que ainda neste ano teremos as doses contra a doença. Estamos torcendo para que tudo isso dê certo, mas não sabemos como será a distribuição pelo Ministério da Saúde. Por isso, já temos um plano B caso esse processo demore”, revelou Guti.

Conforme determinação do prefeito, R$ 12 milhões do orçamento da Secretaria da Saúde para o próximo ano serão reservados exclusivamente para a compra dos imunobiológicos. “Sabemos que o repasse das vacinas para o Brasil todo não é uma coisa rápida e fácil, e torcemos para que o Ministério da Saúde faça a distribuição para toda a população o mais rápido possível, assim que as doses forem produzidas. Se o município receber, a gente não precisa comprar; se recebermos apenas uma parte, compraremos o restante”, explicou.

Guti disse ainda que está torcendo para que tenhamos a vacina quanto antes. “Precisamos imunizar o mais rápido possível a população para voltarmos a ter paz, tranquilidade e continuar com nossa vida normal”, destacou.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos