Guarulhos planeja retomada de blitz integrada entre forças de segurança do município

Assunto:Reunião Trânsito STMU Local:STMU Data:13.10.2021 Foto:Sidnei Barros/PMG

A Prefeitura de Guarulhos realizou nesta quarta-feira (13) reunião com as forças de segurança do município para planejar a retomada da blitz integrada que visa minimizar os sinistros de trânsito. As ações começam ainda este mês.

De acordo com os números do Observatório de Segurança Viária, em 2021 foram 98 óbitos na cidade. “Dirigir alcoolizado é uma das causas de mortes em Guarulhos e essas ações conjuntas são muito importantes para a prevenção de sinistros de trânsito”, disse o secretário de Transportes e Mobilidade Urbana, Luigi Lazzuri Neto.

Os homens compõem a maior taxa de óbitos (91%) e a maioria das vítimas têm idades entre 18 e 29 anos. O período com mais mortes é o da madrugada (0h às 5h59). Cerca de 55% dos óbitos ocorreram em unidades de saúde, ou seja, após socorro, e 42% em vias públicas. Os condutores são os que mais morreram, ficando com uma porcentagem de 57%, seguidos pelos pedestres, com 32%.

Para o diretor de Trânsito, Hormindo Junior, é fundamental que as pessoas saibam que as forças de segurança estarão nas ruas. “Quer beber? Deixe o carro em casa, vá de transporte público ou com um motorista de aplicativo. Não dirija após ingerir bebida alcóolica, respeite as sinalizações e o limite da via. Precisamos muito dessa conscientização e do apoio da população”, pontuou.

Segundo a chefe da Escola Pública de Trânsito, Layla Fordelone, a ideia é zerar essas estatísticas. “Não aceitamos nenhum óbito, nossa meta é zero. Agora que os bares voltaram a funcionar, temos que continuar batendo na tecla de que volante e bebida não combinam”, alertou.

O encontro contou com a participação de integrantes das polícias Rodoviária Federal, Militar e Civil, do Sistema de Gestão de Trânsito (Getran), do Corpo de Bombeiros, da STMU, da Secretaria da Saúde, da Cidade Mirim de Trânsito, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Observatório de Segurança Viária e da Escola Pública de Trânsito.

- PUBLICIDADE -