Guarulhos inicia a programação do Dia Mundial da Doação de Leite Humano

O Dia Mundial da Doação de Leite Humano é celebrado oficialmente na próxima quarta-feira (19), mas os festejos alusivos à data na cidade já iniciaram nesta segunda-feira (17) com a entrega de certificados de agradecimento às mães doadoras e palestra para profissionais do Banco de Leite Humano de Guarulhos (BLHG) sobre o tema escolhido para este ano. “A pandemia trouxe mudanças, a sua doação traz esperança!” é o slogan da campanha de doação de leite materno organizada pela Fiocruz para 2021.

Para a auxiliar de enfermagem do Banco de Leite Humano de Guarulhos, Francisca Pereira dos Santos, o tema traz à tona a solidariedade das mães, que mesmo em tempos difíceis mantêm constante o desejo de ajudar outras mães impossibilitadas de amamentar seus bebês. Ela explica que o BLHG conta com uma equipe especializada em aleitamento materno que acolhe mães com dificuldade no manejo da amamentação e ensina técnicas para que possam amamentar com prazer os seus bebês.

“Também acolhemos mães que desejam voluntariamente doar o excedente de leite que produzem para os bebês que estão internados em UTIs neonatais, necessitando de leite materno. Sabemos que leite o materno salva vidas e que a pandemia trouxe mudanças, mas a doação de leite materno traz esperança”, destaca.

Tal é o sentimento que impulsiona Carolina Zulmiro Limiro da Costa, doadora do Banco de Leite Humano de Guarulhos, a amamentar sua filha Valentina e ainda doar o excedente para outros bebês internados em UTIs neonatais. Sua atitude tem contribuído para a recuperação do peso e o restabelecimento da saúde dos recém-nascidos.

“Conheci o Banco de Leite através de uma amiga porque queria aprender como amamentar de forma correta minha filha Valentina. Foi quando as enfermeiras me disseram que eu também poderia doar e ajudar as crianças que necessitam ou perderam suas mães. Na unidade recebi o acompanhamento da pediatra que apoiou na questão do desenvolvimento da Valentina e da nutricionista que ajudou na introdução alimentar, sem deixar a amamentação de lado. O recado que deixo para as outras mães é para que doem, não é difícil nem impossível. Todo mundo pode doar”, fala.

Campanha para aumentar as doações

Graças ao trabalho intermitente realizado pelo Banco de Leite de Guarulhos, de incentivo à amamentação e para a doação do volume excedente, o município tem conseguido manter a média de mães doadoras, bem como a quantidade de leite coletado mesmo durante a pandemia. Hoje são 38 mães que efetuam doações do volume excedente para ajudar na recuperação de prematuros internados nas UTIs neonatais, totalizando uma média de 68 litros por mês. A meta do Banco de Leite Humano é aumentar ainda mais esse número para poder expandir a assistência e prosseguir com esse trabalho que ajuda a salvar vidas.

Para tanto, durante toda a semana, os profissionais da unidade farão visitas para a entrega de certificado às mães doadoras. Além disso, na quarta-feira (19), às 10h, haverá o lançamento do Grupo Online de Doadoras do Banco de Leite Humano de Guarulhos e na quinta-feira (20), das 8h às 10h, será realizada uma roda de conversa também online com o tema “Doação de Leite Humano: perspectivas frente à pandemia”.

O Banco de Leite Humano de Guarulhos está localizado na travessa Orsi, 47, Jardim das Hortências. Além da orientação oferecida às nutrizes com dificuldade de aleitamento, esse serviço da Secretaria da Saúde realiza a coleta domiciliar de leite doado, pasteurização e distribuição do produto final nas UTIs neonatais. Os telefones de contato da unidade são 2408-4991 e 2408-6243.