Guarulhos gerou 30 mil empregos desde 2017 e pretende ampliar as vagas através do incentivo fiscal de empresas

Mayara Nascimento

Entre 2017 e o começo deste ano, foram gerados 30 mil novos empregos em Guarulhos devido ao incentivo fiscal de empresas. Somente na gestão do prefeito Guti, 133 incentivos foram concedidos, recolhendo R$ 27,3 milhões de impostos para a cidade.

No evento de homologação de incentivo fiscal, realizado ontem na cede do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), 53 empresas renovaram seu benefício e outras nove receberam pela primeira vez.

“São bons números, mas ainda temos um longo caminho para conseguirmos equalizar a demanda de emprego na cidade. Temos muitas pessoas desempregadas e precisamos de empresas sólidas e fortes para gerar empregos”, afirmou o prefeito Guti.

A prefeitura, por meio da Secretaria De Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), pretende ampliar a lei para gerar mais oportunidade de incentivo às empresas. Segundo a pasta, as empresas beneficiadas são responsáveis por 10.361 empregos diretos no município e estão instaladas em 14 bairros distintos de Guarulhos, sendo que 16 delas estão em Cumbica e 14 no Bonsucesso.

“Guarulhos precisa se tornar ativa para que novas empresas se instalem na cidade. Estamos desenvolvendo projetos para que a cidade se torne atrativa para vários nichos econômicos”, completou.

A Wickbold, empresa brasileira de fabricação de pães, panetones e alimentos em geral, é uma das empresas que chegam a Guarulhos para somar.

Imagem: Mayara Nascimento