Guarulhos conserva 8.656 hectares de Mata Atlântica

Guarulhos conserva atualmente 8.656 hectares (ha) de Mata Atlântica. A área equivale a 11 mil campos de futebol e representa 27,16% da mata. No ano passado, a cidade voltou a zerar o índice de desmatamento.  A taxa havia sido atingida em 2016, subindo para 4 em 2017 e 8 no ano seguinte.

As informações são do Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) realizada desde 2000, divulgado ontem.

O estudo revelou que no período entre 2018 e 2019, 71% do desmatamento na Mata Atlântica ocorreu em menos de 3% (100) dos municípios do bioma (3.429). No total, cerca de 400 cidades desmataram a floresta nativa neste período, pouco mais que 10% dos municípios do bioma. Essa também foi a média de municípios desmatadores dos últimos 10 anos, apesar de haver uma variação entre 200 e 550 cidades por ano.

“A situação nos municípios comprova o que temos alertado há anos, mas infelizmente o cenário não muda. É de conhecimento das autoridades onde ocorre o desmatamento da Mata Atlântica ano a ano. São poucas regiões, porém com altas taxas de desmatamento e impacto ao meio ambiente. Zerar o desmatamento no bioma passa por priorização do poder público e atuações estratégicas nestes locais”, afirma Marcia Hirota, diretora executiva da Fundação SOS Mata Atlântica e coordenadora do estudo.