Guarulhenses gastam 51 litros de água por dia a mais do que o necessário

Lucy Tamborino

Os guarulhenses gastam, em média, 161 litros de água por dia. O valor representa 51 litros a mais do que o ideal recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU) que considera sendo suficiente, para cumprir as necessidades básicas de consumo e higiene de um indivíduo, 110 litros num período de 24h. Os dados são da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e se referem a dezembro de 2019.

Além do desperdício de água dos cidadãos há ainda o volume de água perdido na cidade antes mesmo de chegar ao destinatário final. Em 2017, este índice chegou a 2,5 milhões de litros, segundo estudo divulgado pelo Instituto Trata Brasil e a consultoria GO Associados. Em termos percentuais, significa que 24,6% da água tratada foi desperdiçada. O percentual é o segundo menor desde a série histórica – iniciada em 2010.

A Sabesp ainda destacou que desde que começou a atender a cidade, em janeiro do ano passado, acabou com o rodízio, beneficiando 1,4 milhão de pessoas, que agora recebem água tratada todos os dias em suas casas.

Neste período foram finalizadas grandes obras de infraestrutura e a companhia também passou a ser responsável pelo tratamento de esgotos, atuando na despoluição dos rios, melhorando a qualidade de vida e saúde da população.

Imagem: Divulgação

- PUBLICIDADE -