Guarulhense lança seu primeiro livro ‘O menino que queria ser preto’

O guarulhense Marcelo Lacerda está lançando seu primeiro livro “O menino que queria ser preto”. A obra narra a história dele próprio, o menino branco que desde criança tem como seus ídolos e inspiradores os negros do seu convívio ou não que ajudaram de alguma forma na sua construção de caráter, na sua formação musical. É uma história de música, espiritualidade, preconceito e perseverança – as mensagens que o autor pretende passar para os leitores.

Marcelo Lacerda é sambista, músico desde os 17 anos (hoje com 45), tocou em várias casas noturnas da cidade na década de 90, como Grafitt nightclub, W. Brasil, entre outras e diversos projetos da Secretaria da Cultura como o Intervalo Cultural e o projeto Música no Parque.

Atualmente ele é músico do grupo Samba Mór onde teve a felicidade de gravar uma faixa no DVD Cultura Popular a música: Flor em Criança, e de participar de diversas entrevistas na cidade como a live Drum Ubuntu do baterista Landão Jessé e do programa A Força do Samba do apresentador Drico Mariano na rádio Black Sampa de Guarulhos onde fez diversas apresentações como banda dos entrevistados também.

Se enveredou a escrever em 2019 e vem fazendo um trabalho contando a trajetória dos músicos de Guarulhos em sua coluna “Batucada Guarulhense” na revista Cavaco.