Grupo Ponto Markado traz boa música e alegria


Da Redação

O Grupo Ponto Markado é um grupo de samba e pagode com influências do bom samba de roda e da MPB. Essa mescla dá charme ao grupo e o diferencia pelo vasto repertório.

Na estrada há mais de 20 anos, o grupo formado por vocalista e percussionista Rafael Estopa, pelo percussionista Leandro Brandão e pelos irmãos Gegê e Gugu Dias, violonista e cavaquinhista, respectivamente, já dividiram o mesmo palco com artistas consagrados como Chrigor, Marquynhos (Ex-Sensação), Netinho de Paula, Rodriguinho, Nego Branco, Beto Sorriso, Ricardinho (Ex-Pedindo Bis), entre outros.

A turma da zona sul de São Paulo espalha energia positiva e muita boa música por onde passa, atinge todos os públicos e plataformas, e conta com uma variedade musical invejável com o intuito de alcançar a excelência.

Depois de uma longa jornada gravaram com propriedade um DVD na zona norte de São Paulo, e recentemente o Show Livre, esse direcionado para as redes sociais e plataformas digitais.

Rafael Estopa, um dos pioneiros é irreverente, comunicativo e dono de um timbre de voz muito refinado. Evoluiu muito durante as duas décadas e aposta no resgate da boa música e ativo em causas sociais.

Leandro Brandão fora um dos fundadores da primeira formação e mantem viva até hoje a essência do famoso Pagode dos anos 90 e da alegria da roda de samba formada por amigos.

Os irmãos Gegê e Gugu Dias foram os últimos a compor esse brilhante time de representantes da nossa música. Ambos tiveram a influência musical desde o berço e ganharam seus instrumentos musicais bem cedo. Gegê comanda a regência do grupo e da banda de apoio, e Gugu abusa da criatividade no cavaco e agrega uma afinada voz no coro e em solos durante as apresentações.

Sua banda de apoio se forma de acordo com o show atual com músicos renomados, atuando nas melhores casas do estilo. O que destaca ainda mais o grupo além da musicalidade é a constante preocupação com questões sociais, participando ativamente do projeto #euachoumabsurdo levando alegria para milhares de crianças dentro das favelas da capital, onde foram citados com destaque no Livro A Escada. Em outubro vai estar disponível em todas as plataformas digitais o trabalho feito pelo Show Livre.

Imagem: Divulgação

- PUBLICIDADE -