Grupo Marconi oferece aulas com lousa digital e agenda online

Mayara Nascimento

Atuando há mais de três décadas no segmento de educação, o Colégio Marconi oferece um projeto educacional diferenciado e forte. Com uma proposta de tratar cada aluno como único, buscam destacar as habilidades individuais e preparar os estudantes para a vida adulta.

As salas possuem computador para o professor e as lousas são digitais, com equipamentos de projeção a curta distância de última geração. Nos laboratórios de informática, os alunos aprendem em notebooks e tablets.

No ano passado foi implantada a Agenda Digital do aluno, que funciona de forma online e os pais podem ter acesso rápido às informações da escola e tarefas de casa das crianças. “Uma hora dessas eu já sei qual é a atividade que minha filha tem que fazer quando chegar em casa, o trabalho que ela tem, quando tem que entregar, o que teve de almoço, se ela cometeu alguma coisa. Recebo antes dela chegar em casa”, contou Antônio Ardis, presidente do Grupo Marconi, que antigamente não tinha o costume de olhar a agenda em papel das filhas todos os dias.

Além da agenda, o sistema de avaliação do aluno passou por transformações digitais, onde os simulados que acontecem trimestralmente são corrigidos por máquinas que computam o gabarito. O diário de classe também se transformou em eletrônico, e os professores computam as faltas diretamente no sistema.

 

Sistema Google Education

O Google desenvolveu um serviço gratuito para melhorar e incentivar a educação. Na escola, os alunos acessam bancos de dados para fazer trabalhos, filmes voltados para a educação, livros, vídeo-aulas e jogos como uma educação continuada. O Grupo Marconi disponibiliza o acesso à plataforma a todos os alunos

A ferramenta também possibilita criar um trabalho de forma virtual. Todos os alunos conseguem acessar o mesmo texto e contribuir simultaneamente para construir um trabalho em grupo, sem fisicamente estar presente. “Você forma vários grupos de estudo dentro das salas de aula. O professor posta todas as atividades que o aluno precisa fazer, tirar dúvidas e publicar materiais”, contou Ardis.

Imagem: Mayara Nascimento