Governo entrega mais 1.500 cestas básicas para famílias em vulnerabilidade

O Governador João Doria, juntamente com a Primeira-Dama e Presidente de Honra do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, realizou nesta quinta-feira (29) a entrega de 1.500 cestas básicas a um total de 15 entidades assistenciais que atendem famílias em situação de vulnerabilidade social na capital. As cestas entregues somam-se às mais de 1,75 milhão de unidades doadas pelo Estado.

“Hoje estive na zona Oeste da capital para entregar 1.500 cestas do Alimento Solidário a famílias em situação de vulnerabilidade. Cada cesta permite alimentar uma família de até quatro pessoas durante o mês”, afirmou o Governador.

A entrega ocorreu na sede da Associação dos Trabalhadores Sem Terra, na Lapa de Baixo, zona Oeste de São Paulo, e contou com a presença de representantes das demais entidades atendidas pela ação. Cada uma das 15 associações um total de 100 cestas básicas para distribuição a famílias de baixa renda.

Cada cesta é composta por arroz tipo 1, feijão tipo 1, macarrão, açúcar refinado, sal refinado, óleo, leite em pó, extrato de tomate, charque (carne seca), sardinha em óleo, farinha de mandioca e biscoito tipo maisena.

Entidades atendidas:

1 – Associação dos Trabalhadores sem Terra de São Paulo
2 – Associação do Conjunto Residencial Bandeirantes
3 – Associação do Conjunto Residencial Paraíso
4 – Associação do Conjunto Habitacional Turística
5 – Associação Educar para a Vida
6 – Associação de Luta por Moradia São Francisco de Assis
7 – Associação de Moradores Jardim Canaã
8 – Associação dos Trabalhadores do Conjunto Residencial Morada do Sol
9 – Associação do Conjunto Residencial Parque Esperança
10 – Associação do Conjunto Residencial Sol Nascimento
11 – Associação do Conjunto Residencial Anhanguera
12 – Associação do Conjunto Residencial Jardim das Palmeiras
13 – Associação dos Trabalhadores sem Casa São Francisco de Assis
14 – Associação Novo Horizonte
15 – Associação Recanto da Serra

Segurança alimentar

Para reforçar o atendimento do público mais vulnerável e garantir a segurança alimentar da população, o Governo de São Paulo mantém uma série de ações. Os 59 restaurantes da rede Bom Prato serviram mais de 33,4 milhões de refeições desde o início da pandemia, em embalagens descartáveis e para retirada, sendo 701 mil gratuitamente para a população em situação de rua cadastrada pelos municípios.

Além disso, o programa ampliou a oferta de refeições em 60%, passando a servir café da manhã, almoço e jantar, inclusive aos finais de semana e feriados. Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, o Programa Viva Leite foi ampliado para reforçar a nutrição de 21 mil idosos residentes de abrigos institucionais em todo o Estado.

O Fundo Social também realizou diversas iniciativas, como a arrecadação de R$ 1 bilhão em doações, por meio do Comitê Solidário, destinados à compra de cestas básicas, produtos de higiene, vacina, entre outros itens, para assistir famílias em vulnerabilidade social no território paulista, além de doações diversas para 130 instituições, beneficiando mais de um milhão de pessoas no Estado.

São Paulo Mais Humana

Para os interessados em contribuir com doações, o Governo do Estado desenvolveu a plataforma São Paulo Mais Humana (https://www.saopaulomaishumana.sp.gov.br/), que conecta pessoas e empresas que desejam colaborar com causas sociais promovidas por entidades do entorno, seja por meio de participação voluntária em alguma atividade ou com doações de bens, dinheiro ou cestas.

- PUBLICIDADE -