Governo de SP inicia ‘Corujão da Saúde’ no Hospital Sírio Libanês

Da Redação

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, participaram ontem do início do atendimento pelo Hospital Sírio Libanês para realização de exames do “Corujão da Saúde”.

A partir desta data, além do Sírio, outros oito serviços da Grande São Paulo, oito de Campinas e oito do Vale do Paraíba foram credenciados pela Secretaria de Estado da Saúde para agilizar o diagnóstico e tratamento de pacientes que aguardam exames na rede pública de saúde.

As unidades foram selecionadas e habilitadas mediante convocação pública, e poderão ofertar exames de mamografia, ultrassonografia e endoscopia a pacientes dessas três regiões, abrangidas na primeira fase do programa.

“O princípio básico (do programa) é que aconteça em horários que tenha menos demanda nas salas de exames dos hospitais que fazem parte do ‘Corujão’, privados e públicos. Você tem a disponibilidade das salas de exames e de técnicos e são exames que levam de 10 a 15 minutos no máximo”, destacou Doria.

Na Grande São Paulo, participam também o Albert Einstein, HCor, Doutor Ghelfond Diagnóstico Médico, Centro Ultrassonografico, UCD Ultrassonografia Centro de Diagnóstico, EL Diagnósticos, ZDI Diagnóstico por Imagem Ltda, todas localizadas na capital, e o Centro Radiológico Andreense, que fica em Santo André.

Na região de Campinas, foram habilitados o Hospital Vera Cruz S.A., no município de Campinas; o Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus e Unimagem – Unidade de Diagnósticos por Imagem São Francisco de Assis, em Bragança Paulista; o Hospital Santa Bárbara, de Santa Bárbara D’Oeste; a Santa Casa Anna Cintra, em Amparo; a Santa Casa de Misericórdia de Cosmópolis; o Arkhad Laboratório Médico, de Santo Antônio da Posse; e a Unimagem – Unidade de Diagnósticos por Imagem São Francisco de Assis, unidade do município de Atibaia.

Já no Vale do Paraíba, as unidades privadas participantes do programa são a Clínica Radiológica Dr. Rene Moura e Pró-Imagem Exames Complementares, de Taubaté; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São José dos Campos; WK Diagnose e Clínica Pró-Saúde, de Campos do Jordão; Clínica Santa Rosa, de Lorena; LNA CRZ Diagnósticos Médicos e Instituto Santa Rosa, de Cruzeiro.

Os pacientes serão comunicados sobre data e horário dos exames pela equipe da Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde).

“O ‘Corujão’ é um compromisso do Governo de São Paulo que visa aprimorar a saúde pública. Com a otimização da rede própria e com as parcerias com serviços privados, garantimos a detecção precoce de doenças e o acesso aos procedimentos diagnósticos e terapêuticos, com foco no atendimento ágil e de qualidade”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira.

Os atendimentos extras do ‘Corujão’ estão em andamento desde fevereiro, em hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) da rede própria de saúde, por meio da otimização dos serviços e fluxos de agendamento.

As três regiões abrangidas neste momento totalizam uma demanda reprimida de 155.243 exames, somando 50.627 na Grande São Paulo, 73.138 na região de Campinas e 31.478 exames no Vale do Paraíba.

Imagem: Governo do Estado de São Paulo