GCM interrompe festa clandestina em bar com mais de 500 participantes

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos interromperam uma festa clandestina no sábado (24) no Boteco da Vila, local em que havia mais de 500 pessoas aglomeradas. Depois de receber a denúncia, os guardas se dirigiram à rua Armando Arruda Pereira, na Vila Zaíra, e encerraram o evento. A festa acontecia no subsolo do estabelecimento comercial.

Neste final de semana (de 23 a 25 de julho) a GCM recebeu mais 42 denúncias de aglomeração e perturbação ao sossego público (22 atendidas de forma presencial e 20 com orientação por telefone). Mais de 600 pessoas estavam envolvidas, que somadas à da festa clandestina do Boteco da Vila chegaram a um total de 1.100 pessoas.

A corporação tem priorizado esse tipo de atendimento em razão da pandemia da covid-19 e do alto risco de alastramento da doença em razão das aglomerações, que seguem proibidas. 

 
As denúncias de aglomeração atingiram dez bairros, sendo que Pimentas (quatro casos), Centro (4) e Vila Rio de Janeiro (3) lideraram as estatísticas.

- PUBLICIDADE -