FPF elege Reinaldo Carneiro Bastos como novo presidente pelo próximo quadriênio

Pedro Lacerda

A Federação Paulista de Futebol (FPF) elegeu na última quinta-feira (30) Reinaldo Carneiro Bastos, 65, como o novo presidente da entidade pelos próximos quatro anos (2019 a 2022), em Assembleia Geral Ordinária em sua própria sede.

O presidente do AD Guarulhos, Ricardo Agea, foi convidado a secretariar a assembleia de eleição para novo comandante da federação. “Para mim é uma honra muito grande poder exercer tal função em um evento tão importante como esse. Não somente para o Ricardo, mas esse convite é relevante para nossa cidade, até para o caminho que pretendemos levar o futebol e esporte de Guarulhos”, afirma Agea.

Em pouco mais de três anos à frente da FPF, Bastos multiplicou a subvenção aos clubes de R$ 7,8 milhões para R$ 17,9 milhões (aumento de 129,3%), e aumentou de R$ 103 milhões para R$ 145 milhões as cotas e patrocínios para os clubes. Foram eleitos para o Conselho Fiscal os membros efetivos Maria Paula Silva, a Magic Paula, ex-jogadora de basquete e presidente da Atletas pelo Brasil, José Carlos Cosenzo, promotor de Justiça e coordenador de Assuntos Estratégicos do Ministério Público, e Vanderlei Aparecido Pereira, ex-presidente da Ponte Preta. Os membros suplentes são Rodrigo Benedito Tarossi e Carlos Alberto Amado Costa.

Uma das medidas que serão utilizadas pela FPF ano que vem e que promete aliviar o coração dos apaixonados por futebol, se deve pela confirmação do atual presidente que o árbitro assistente de vídeo, conhecido como VAR será utilizado nas fases eliminatórias do campeonato paulista de 2019, para auxiliar a arbitragem com confirmações decisivas de lances capitais das partidas. O VAR já vem sendo utilizado na Copa do Brasil deste ano e também deu muito o que falar na Copa do Mundo de 2018.

Imagem: Rodrigo Corsi