Exposições em São Paulo e Boa Vista mostram o drama de refugiados venezuelanos no Brasil

Foto: Divulgação/Visão Mundial Brasil
Pinturas que ilustram os sonhos e os obstáculos daqueles que foram forçados a deixar a Venezuela em busca de melhores oportunidades no Brasil. Essa é a proposta da exposição “Caminha Comigo“, da ONG Visão Mundial, que transformou em obras de arte objetos recebidos de venezuelanos na fronteira entre os dois países. As 20 telas serão exibidas gratuitamente no Pátio Roraima Shopping, em Boa Vista (RR), de 20 a 30 de junho, das 10h às 22h.
As pinturas também tiveram a participação de alunos e professores do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Cada obra foi feita com base nas histórias de vida dos migrantes e refugiados e levam os objetos doados por eles, como blusa, calça, sapatos, sandálias, mochilas e bonés. Além das obras, os artistas estão pintando dois painéis com a mesma temática, cada um medindo 2,85 cm x 1,83 cm. 
Paralelamente, em São Paulo, será lançada uma mostra fotográfica com cenas da realidade de quem vive na fronteira entre Brasil e Venezuela, que ficará aberta ao público até 2 de julho. Ao todo, serão 12 imagens dos fotógrafos venezuelanos Misael Alejandro Rivas e Solanyer Cruz e Tiago Horiuela exibidas no Senac Francisco Matarazzo, na zona oeste da capital paulista.
As exposições são uma iniciativa da ONG Visão Mundial – entidade que desde 2018 realiza ações de ajuda humanitária na fronteira entre Brasil e Venezuela em resposta à crise migratória. Todas as obras – sejam as pinturas ou as fotografias – foram criadas em conjunto com artistas migrantes e refugiados.
Documentário
Para coletar os objetos, a equipe da Visão Mundial foi até Pacaraima para encontrar venezuelanos que migraram para o Brasil e que pudessem trocar um item pessoal por outro doado pela organização. Durante os três dias em que ficou em Pacaraima, a ONG também levou uma equipe de filmagem – formada em parte por migrantes – para produzir um documentário sobre o tema da migração e refúgio, uma pauta atual e de reflexo em todo o mundo, a exemplo do que ocorre na Ucrânia.
O documentário traz detalhes da saga migratória de venezuelanos que vieram ao Brasil, já que muitos vêm a pé ou de carona. O filme ainda contará com depoimentos dos migrantes artistas que fizeram as obras, para que falem da perspectiva de trabalhar a arte em cima dos objetos. “A ideia é mostrar, por meio da arte, que em meio à migração há esperança, amor, oportunidades, histórias e seres humanos”, diz Ingrid dos Santos, gerente de comunicação da Visão Mundial.
O documentário será lançado no dia 20 de junho – Dia Mundial do Refugiado – no canal do YouTube da Visão Mundial e exibido na abertura das exposições no Pátio Roraima e no Senac Francisco Matarazzo com sessões especiais para os alunos da unidade. Crise migratória
Dados do Governo Federal apontam que, nos últimos cinco anos, o Brasil registrou a entrada de mais de 700 mil venezuelanos. A maioria é do sexo masculino e tem entre 30 e 59 anos, faixa etária que representa 49% do total.
Além da cidade de Pacaraima, outros dois principais pontos de acesso são as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, pelos aeroportos internacionais.
Os dados do governo brasileiro também indicam que foram reconhecidos 51,5 mil refugiados venezuelanos no período, sendo que havia, em março deste ano, outros 94 mil pedidos de refúgio em análise pelas autoridades.
Serviço:
1. Exposição “Camina Conmigo” – Boa Vista (RR)Data: de 20 a 30/6Onde: Pátio Roraima ShoppingHorário: das 10h às 22h (horário de Roraima)Entrada: gratuita
2. Mostra fotográfica sobre refugiados venezuelanos – São Paulo (SP)Data: de 20/06 a 2/07Onde: Senac Francisco MatarazzoEndereço: Av. Francisco Matarazzo, 249, Barra Funda, São Paulo – SP.Horário: Segunda a sexta-feira das 8h às 21h; aos sábados das 8h às 14h.Entrada: gratuita
3. Documentário sobre os venezuelanos de PacaraimaData: de 20/6Onde: Pátio Roraima ShoppingHorário: às 17h (horário de Roraima)Entrada: gratuitaExibição também pelo YouTube da Visão Mundial
- PUBLICIDADE -