Exposição sobre negritude estará nos CEUs Continental e Bonsucesso a partir desta quarta-feira

Os CEUs Continental e Bonsucesso recebem desta quarta-feira (26) a segunda-feira (31), das 9h às 16h, a exposição Negritude: Abolição, Protagonismo e Resistência, organizada pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) de Guarulhos. Através de banners com fotos e textos, a apresentação irá contar a história de personalidades negras que tiveram suas trajetórias silenciadas e que foram resgatadas por uma série de pesquisas e estudos.

Revivendo memórias de mulheres e homens negros que fizeram frente a um sistema opressor, a exposição remonta à escravização, à abolição tardia e inconclusa, à proclamação da República e ao período da ditadura até os anos 1990, sendo protagonizada por lideranças e na organização social de quilombos, na tradição das religiões de matriz africana e no processo de transmissão de conhecimentos. 

“Nosso papel é trabalhar o pertencimento racial dos grupos e sensibilizar a população sobre as diversas formas de discriminações e racismo que estão embutidas nas relações. Desta forma, levamos à população história e reflexão ao mesmo tempo. Por isso, apresentar as exposições nos CEUs é de suma importância”, afirma Anderson Guimarães, titular da Subsecretaria de Igualdade Racial (SIR), pasta que também é responsável pela exposição.

As exposições da SIR estão previstas no Programa de Valorização Histórico-Cultural da População Negra, povos e comunidades tradicionais e migrantes, que tem por objetivo desconstruir preconceitos e estereótipos sobre esses segmentos populacionais, que foram historicamente discriminados e são socialmente excluídos. 


Serviço 

Exposição Negritude: Abolição, Protagonismo e Resistência – de 26 a 31 de maio, das 9h às 16h

CEU Continental – avenida Maria Gebin de Moraes, 867, Parque Continental II

CEU Bonsucesso – avenida Paschoal Thomeu, Bonsucesso