Exposição promove reflexões e diálogos sobre a identidade afro-brasileira

- PUBLICIDADE -
Corrida Folha Metropolitana

Com base na necessidade de ampliar as reflexões e diálogos sobre a identidade afro-brasileira para além dos ambientes acadêmicos, o Coletivo 308 recebe a exposição Representatividade em Corpos Negros. No dia 4 de julho, a abertura da exposição acontece a partir das 15h, com encerramento no dia 11 de julho, às 17h. Sob curadoria da museóloga Suzy Santos, a exposição mostra trabalhos do fotógrafo Gustavo Silva, fruto de ensaios fotográficos com treze modelos negros e negras. A exposição é gratuita e tem classificação livre.

Representatividade em Corpos Negros é um projeto contemplado pelo edital do FunCultura, com recursos da Lei Aldir Blanc, e traz para o debate a representatividade negra e o combate ao racismo. Por meio do projeto, seu proponente, Gustavo Silva, ampliou uma experiência pessoal de autoconhecimento para estimular outros jovens a se olhar, se (re)conhecer e desejar saber mais sobre suas origens.

Além dos ensaios fotográficos, que resultaram na exposição, o projeto contou com encontros virtuais de formação sobre história, arte e cultura afro-brasileira, ações que buscaram promover a ampliação dos debates sobre racismo por meio do afroconhecimento, do combate à herança histórica tão prejudicial à sociedade brasileira e do estímulo à autoafirmação, autoestima e confiança de pessoas negras.

A partir de 11 de julho a exposição virtual ficará disponível no site www.legadophotos.com.br.

Para saber mais sobre o projeto acesse as fanpages no Facebook https://www.facebook.com/representatividadecorposnegros e no Instagram https://www.instagram.com/representatividadecorposnegros/.

Serviço

Exposição Representatividade em Corpos Negros

Abertura: domingo, 4 de julho

Horário: das 15h às 18h

Visitação: de 5 a 11 de julho

Horário: das 9h às 17h

Dia 8 de julho, excepcionalmente das 13h às 20h

Coletivo 308

Rua Paschoalina Migliorini, 121, Ponte Grande

- PUBLICIDADE -