Exposição na Estação Aeroporto da CPTM revela trabalhos gráficos de artista guarulhense

Da Redação

Gu-Aru-Abo – Antepassados é o nome da exposição do artista plástico guarulhense Marcos Paulo Feliciano, o Pato, oferecida pela Prefeitura de Guarulhos a partir de 1º de novembro na Estação Aeroporto da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Cultura e a CPTM e tem como objetivo promover a circulação de atividades culturais em diferentes espaços públicos da cidade. A exposição é gratuita e tem classificação livre.

Na exposição, Pato mostra uma linha de trabalho diferente dos seus habituais personagens orientais, desta vez reverenciando a população indígena. Com diferentes cores, formas e luzes, o artista consegue captar e traduzir sentimentos e emoções.

“Tenho um trabalho com pintura indígena há bastante tempo e uma forte ligação com as comunidades indígenas.Sou sensível às questões que eles enfrentam. O propósito é chamar a atenção das pessoas, revelar que, muito mais do que é mostrado nos noticiários, há um problema que deve ser motivo da preocupação de todos nós”, observa o artista ao explicar que suas obras levam os espectadores para além da contemplação.

Na finalização desse trabalho, Pato também acrescentou frases que objetivam conscientizar os visitantes da exposição, possibilitando a reflexão. Além disso, o artista também reverencia e demonstra gratidão pela cidade onde nasceu.

A exposição Gu-Aru-Abo – Antepassados fica em exibição na Estação Aeroporto da CPTM até 5 de janeiro de 2020, diariamente das 4h40 às 0h. Para saber mais sobre a programação cultural da cidade, acesse https://www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.

Serviço

Exposição Gu-Aru-Abo – Antepassados

Data: de 1º de novembro de 2019 a 5 de janeiro de 2020

Diariamente, das 4h40 às 0h

Local: Estação Aeroporto – CPTM. Avenida Marginal do Rio Baquirivu, 3.300, Parque Cecap

Entrada gratuita

Classificação livre

Fonte: Prefeitura de Guarulhos