Experimenta Segurança Pública terá atividade direcionada ao público infantil

Da Redação

O Experimenta Segurança Pública, organizado pela Prefeitura, traz como novidade nesta edição a realização do Scratch Day, iniciativa da comunidade tecnológica e educacional envolvendo crianças na elaboração de jogos interativos para computadores. O evento promovido pela secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação SDCETI acontece entre os dias 29 e 30 de junho e 01 de julho, no Adamastor Centro. As inscrições podem ser feitas até 28 de junho, pelo site http://experimenta.guarulhos.sp.gov.br/

Durante Scratch Day, crianças com idade entre 7 e 12 anos terão à disposição dois laboratórios de informática nos quais poderão praticar atividades de programação. Voluntários da área de pedagogia irão estimular a criação de jogos relacionados a prevenção da violência e ao fortalecimento da cultura da paz.

No último sábado (22) cerca de 20 estudantes de pedagogia participaram de uma capacitação para monitorar e orientar as crianças durante o Scratch. A qualificação foi realizada por Alex Garcia, servidor público na Escola de Administração Pública ESAP, da secretaria de Gestão.

“A tecnologia está cada vez mais presente na área da educação, oferecendo novas ferramentas e métodos inovadores de ensino. Ao incluir o Scratch no Experimenta Segurança Pública, a Prefeitura colabora para a formação tecnológica de alunos e futuros professores, além das crianças aprenderem se divertindo”, comenta Garcia.

Conforme explica o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Prefeitura, Marcelo Rezende, o objetivo do Scratch é envolver as crianças no ambiente criativo e tecnológico que marca o Experimenta, incentivando sua criatividade.

Já o secretário da SDCETI, Rodrigo Barros, afirma que a transformação cultural e o fortalecimento do ecossistema inovador em Guarulhos leva em consideração as crianças. “Ao envolvê-las, alegramos o ambiente do evento e principalmente, criamos as condições para que a geração futura vivencie em plenitude as conquistas tecnológicas do seu tempo, sejam nos campos econômico ou social”, explica Rodrigo Barros.

Scratch é uma linguagem de programação criada nos Estados Unidos, pelo Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) como forma de auxiliar jovens e crianças na matemática e na lógica, sem que elas tenham tido nenhum envolvimento técnico com linguagem de programação.

Foto: Divulgação/PMG