Estrutura dos gabinetes dos vereadores passará por alterações atendendo solicitação do Ministério Público

Para as sessões extraordinárias desta quarta-feira (16), estavam previstos para deliberação e votação até a fase final quatro itens. Todavia, os dois primeiros foram retirados da pauta.

Sendo assim, os parlamentares concluíram a votação do projeto de Lei 1801/2021 e da Resolução 1802/2021. O primeiro, que trata sobre os valores dos vencimentos-base dos cargos que compõem a estrutura dos gabinetes dos vereadores da Câmara, apresentou, dentre outros detalhes, redução de 15 para 10 o número de assessores de livre nomeação e exoneração de cada parlamentar. Já o segundo, que reorganiza os gabinetes dos parlamentares trouxe, dentre outros, a atribuição fixa de cada um daqueles profissionais comissionados. 

Ainda durante as sessões foi feito um minuto de silencio em respeito às pessoas que morreram nos últimos dias, principalmente aquelas vítimas da covid-19.