Estreia que fecha mostra de longas do FILME POSSÍVEL propõe discussão sobre exclusão social

O Festival de Cinema “FILME POSSÍVEL”, evento 100% online e gratuito viabilizado pelo Funcultura de Guarulhos e pela Lei Aldir Blanc, fecha sua mostra de longas-metragens com o filme “A Cidade é uma Só?”, na plataforma Vimeo, a partir das 19h desta quarta-feira, 21/04. A produção ficará disponível até o dia 28 de abril.

Após a estreia, na própria quarta, às 20h30, haverá uma live, no YouTube do festival, com o diretor, produtor e roteirista do longa-metragem, Adirley Queirós; o idealizador e curador do FILME POSSÍVEL, o cineasta Guilherme Severo, além da participação da crítica de cinema Lorenna Montenegro. Este será o último dos sete longas exibidos gratuitamente pelo festival.

“A Cidade é uma Só?” (2011) propõe uma reflexão sobre Brasília, que, à época, havia acabado de completar 50 anos, com foco no processo permanente de exclusão territorial e social vivido por boa parte da população da capital federal e das cidades satélites em seu entorno.

O ponto de partida dessa reflexão é a chamada Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que, em 1971, removeu os barracos que ocupavam os arredores da então jovem Brasília. Tendo a Ceilândia como referência histórica, os personagens do filme vivem e presenciam as mudanças da cidade.

Premiações e festivais

O filme recebeu o Prêmio Especial do Júri, como Menção Honrosa de Melhor Filme, na Semana dos Realizadores (2011). Além disso, também foi eleito o melhor filme pela crítica na 15ª Mostra de Cinema de Tiradentes e no Fórum.doc de Belo Horizonte – ambos em 2012.

Fora do país, o longa foi exibido nos festivais: BACIFI – Buenos Aires Festival Internacional de Cinema Independente; World Cinema Amsterdã e INDIE BRAZIL, em Los Angeles. Todos realizados em 2012.

Além de “A Cidade é uma Só?”, Adirley Queirós também dirigiu “Branco Sai, Preto Fica” (2014), “Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa” (2014) e Era Uma Vez Brasília (2017).

“É muito importante promover o debate sobre desigualdade social na capital federal, por meio do filme ‘A Cidade é uma Só?’, justamente, no dia em que Brasília completa 61 anos de sua fundação. Apesar de já ter uma década, a obra é bastante atual e reflete a realidade de diversas metrópoles brasileiras, como a de Guarulhos, por exemplo”, disse Guilherme. 

Serviço

“A Cidade é uma Só?”

Direção: Adirley Queirós

Quarta-feira, 21 de abril, às 19h (fica disponível até 28/04)

Onde assistir: https://vimeo.com/538834949/d32286531a 

Valor: Gratuito

Debate sobre a produção: 21/04, às 20h30, pelo Canal do Festival FILME POSSÍVEL no YouTube