Espalha Fatos com Sergio Lessa

Enverga, mas não quebra?

A tão esperada mudança na provisória municipal do PSL Guarulhos deverá ocorrer nos próximos dias, mas não do jeito que alguns queriam. Ao que tudo indica, a ex-vereadora Adriana Afonso continuará comandando a sigla na cidade. Após encontro ocorrido esta semana em Brasília, foi definida uma nova composição da nominata guarulhense, que deverá contar agora com a participação dos filiados Dra. Cléo Oliveira e Major Edson Miguel. A decisão, se confirmada pelo TSE, deve atrapalhar os planos do grupo político liderado pelo deputado Eli Corrêa Filho, que tinha além do DEM e PSDB, interesse numa coligação também com o Partido Social Liberal. Engana-se quem pensa que a família Corrêa já jogou a toalha. Se Adriana vacilar, certamente seu tapete será puxado. O tempo dirá!

Correndo atrás

Apesar da derrota “momentânea” (como dizem alguns) na tentativa de controle do PSL, a família Corrêa não para de se movimentar nos bastidores da política. Com DEM e PSDB praticamente garantidos na coligação majoritária, parece que PRTB e PSDC já ouviram o canto da sereia e deverão caminhar juntos em 2020. O Democratas já está nas mãos de Eli. Já Lauri Rocha, presidente tucano, está entre a cruz e a espada. Se não abrir mão do comando do PSDB para Fran, corre o risco até de ser expulso do ninho, por algum motivo banal. Caso aceite, deverá ter uma campanha de reeleição a vereador bem vistosa, de causar inveja a qualquer candidato. Parece que não tem muito o que fazer. No PRTB, a conversa é outra: mesmo com Rodrigo Tavares garantindo que é o pré-candidato a prefeito da legenda, querendo ou não ele está amarrado a Doria, que pode lhe tirar do jogo ou lhe dar a vaga de vice como consolação, o que não deixa de ser uma boa opção para ele. Por fim, o PSDC já está sendo oferecido a pré-candidatos a vereador que procuram Fran Corrêa em busca de uma legenda. Parece que com o presidente Ezio Balbino, já está tudo acertado. Até o vereador do partido, que é da base do governo Guti, Dr. Alexandre Dentista, já foi convidado a se retirar. Segue o jogo…

Opinião

O renomado engenheiro e um dos fundadores do SAAE, Dr. Plínio Tomaz, especialista em saneamento, recursos hídricos e meio ambiente, não tem dúvidas: a Sabesp é a melhor opção para cuidar do tratamento de esgoto de Guarulhos. Dias atrás, a cidade, por meio do governo Guti, conseguiu se livrar judicialmente da SAGUA (empresa braço da OAS, investigada pela Lava-Jato, contratada pelo PT na época do prefeito Almeida), desfazendo a Parceria Público Privada (PPP) que nunca chegou a sair do papel. “Com a Sabesp tomando conta da água e agora do esgoto dos guarulhenses, o município só tem a ganhar”, garantiu.