Eniac oferece bolsa de estudos de 61% antes mesmo do resultado do Enem

Em um calendário estudantil completamente atípico por causa da pandemia de coronavírus, o Eniac disponibiliza 61% de desconto na matrícula em seus cursos Premium, mesmo antes que os estudantes tenham conhecimento de suas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Desta forma, a instituição, por meio do programa Seguro Enem, colabora para que os alunos não percam todo um semestre de estudos, já que o exame será realizado agora, em janeiro, porém os resultados serão divulgados somente em março. As inscrições no Seguro Enem podem ser feitas NESTE LINK.

Caso o estudante matriculado pelo Seguro Enem consiga uma nota superior a 599 pontos no Enem, o desconto será maior do que os 61%. Dependendo da pontuação no exame, a bolsa de estudos pode chegar a 100%.

Mantenedor do Grupo Eniac, o professor Ruy Guérios afirmou que a medida é essencial para que o método de ensino da instituição esteja acessível a um número maior de pessoas, garantindo, assim, que a educação não seja paralisada, mesmo com o cenário de incertezas que ainda há sobre a covid-19.

“Não há como impor a uma pessoa, que anseia pela qualificação por meio de um curso de Ensino Superior, a espera de mais um semestre. A educação tem que ser tratada com a urgência que ela merece. Por essa razão, nós, do Eniac, decidimos implementar o programa Seguro Enem, que, com certeza, será de grande valia a vários alunos que desejam ingressar em uma instituição de ensino como a nossa”, argumentou o professor.

Para iniciar o processo de matrícula pelo Seguro Enem, o interessado precisa informar o nome completo, o CPF e um número de telefone celular, além de criar uma senha de acesso.

Depois, ele fará a opção pelo curso, fornecerá mais dados pessoais e será direcionado para a redação e posteriormente a página do pagamento – até chegar ao resumo de todo o processo.

“Mesmo com todas as dificuldades impostas pelo coronavírus, iniciamos 2021 já prontos para oferecer um ensino intensivo, que prepare os nossos alunos para o mercado de trabalho e para o mundo”, completou Ruy Guérios.