EMTU suspende nove linhas metropolitanas de Guarulhos

Pedro Lacerda

Atendendo atualmente com 240 linhas na Região Metropolitana, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) fez o cancelamento de nove linhas em Guarulhos, de janeiro de 2017 a maio deste ano. Segundo a empresa, medidas como a suspensão de linhas ocorrem em virtude do dinamismo dos serviços intermunicipais que exige a adequação da oferta de transporte ao número de passageiros transportados.

De acordo com a EMTU, das nove linhas canceladas, sete foram por motivos de queda significativa da demanda nos últimos quatro anos, segundo os indicadores operacionais. Além delas, a linha 830-TRO que interligava Guarulhos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica até o bairro da Vila Mariana, na capital, foi cancelada por ter circulado entre fevereiro e setembro de 2017 e não ter atingido os índices operacionais necessários para sua manutenção.

A EMTU ressalta que todas as alterações são comunicadas com antecedência aos usuários, por meio de cartazes afixados nos ônibus, mídias sociais e pela própria imprensa, sempre fornecendo indicação das melhores opções de deslocamento para os passageiros.

Linhas

As linhas que sofreram cancelamento foram: 301TRO – Itaquaquecetuba (Rancho Grande) x Guarulhos (Jardim Santa Mena); 105VP1 – Guarulhos (Vila Rosália) x São Paulo (Metrô Parada Inglesa); 299TRO – Guarulhos (Aeroporto) x São Paulo (Metrô Tatuapé); 830TRO – Guarulhos (Aeroporto Paulo) – São Paulo (Vila Mariana); 437TRO – Guarulhos (Aeroporto) x São Paulo (Brooklin Novo); 398TRO – Guarulhos (Parque Santos Dumont) x São Paulo (Metrô Armênia); 015TRO – Guarulhos (Terminal Metropolitano Taboão) x São Paulo (Campos Elíseos); 271TRO – Guarulhos (Terminal Metropolitano Taboão) x São Paulo (Terminal Rodoviário Tietê); e 599TRO – Guarulhos (Parque Santos Dumont) x São Paulo (Metrô Penha).