EMTU continua aguardando recursos financeiros para concluir obras do corredor Guarulhos-São Paulo

Lucy Tamborino

O Corredor Metropolitano Guarulhos-São Paulo, que foi prometido pelo governo do estado para 2015, permanece sem previsão de entrega. Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), responsável pelo empreendimento, o trecho que está entre as paradas IV Centenário e Vila Endres continua aguardando disponibilização de recurso financeiro para a contratação das obras.

A obra previa a ligação da região do Taboão (passando pelo Cecap, Centro e Vila Galvão) ao Metrô Tucuruvi, com uma ligação para o bairro da Penha, na zona leste da capital, em um total de 20 km de extensão. No entanto, apenas 12,3 km foram entregues e o restante sequer saiu do papel.

No total, 100 mil pessoas seriam beneficiadas diariamente. Hoje ele alcança, em média, 62 mil passageiros. Em 2013, em junho, chegou a ser publicada a relação das empresas e consórcios classificados na concorrência de pré-qualificação para participar da licitação de execução das obras deste trecho. As intervenções deveriam ter começado em 2014, conforme o cronograma, e entregues em 2015. Já o trecho Vila Galvão e Estação Tucuruvi ainda está em fase de projeto.

Imagem: Lucy Tamborino