Em SP, interdição da ponte de acesso à Dutra causa lentidão no trânsito

SP - PONTE/MARGINAL TIETÊ/DUTRA/INTERDIÇÃO - GERAL - Interdição da ponte da alça de acesso da pista expressa da Marginal Tietê para a pista expressa da Rodovia Presidente Dutra, na zona leste de São Paulo, já causa reflexos no trânsito da cidade. Na manhã desta quinta-feira, dia 24, os pontos de lentidão começam a partir da Ponte das Bandeiras e se agravam nas proximidades da Ponte da Vila Maria. A interdição também causa lentidão na Avenida Salim Farah Maluf, que tem sido usada como acesso à Dutra. 24/01/2019 - Foto: WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO

Da Redação

A interdição da ponte da alça de acesso da pista expressa da Marginal Tietê para a pista expressa da rodovia Presidente Dutra, já causa reflexos no trânsito da cidade. Na manhã de ontem os pontos de lentidão começam a partir da Ponte das Bandeiras e se agravam nas proximidades da Ponte da Vila Maria. A interdição também causa lentidão na avenida Salim Farah Maluf, que tem sido usada como acesso à Dutra.

Quem segue para o Aeroporto de Cumbica também já percebe um tráfego acima do normal. As pistas local e central da marginal também sofrem com alguma lentidão.

A alça de acesso foi interditada na quarta-feira (23), após a detecção de danos na estrutura, que passa por cima do Rio Tietê. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras apontou o rompimento da viga de apoio da estrutura no pilar junto à margem esquerda do Rio Tietê.

A CET orienta que os motoristas utilizem como alternativa uma segunda ponte, que dá acesso à pista lateral da Dutra. Para poder acessar essa ponte, os veículos devem sair da pista expressa e passar para a central logo após a Ponte da Vila Guilherme. Para o motorista que segue para a Zona Leste pela pista expressa não há alterações.

Outra alternativa é seguir pela pista local da Marginal Tietê no sentido Ayrton Senna e acessar a pista lateral da Dutra pela Ponte do Tatuapé – Deputado Ricardo Izar. Quem segue pela Salim Farah Maluf não encontra interdições.

A concessionária CCR NovaDutra também abriu um acesso entre as pistas marginal e expressa da rodovia, na altura do km 227, para melhorar a fluidez do tráfego.

Imagem: Werther Santana/Estadão