Em seis meses, quatro ciclistas morreram vítimas de acidentes de trânsito na cidade

Brasília - Bicicletada nacional em homenagem a Raul Aragão, voluntário do projeto Bike Anjo e parte da coordenação da Rodas da Paz. Raul foi atropelado perto de casa, na Asa Norte (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Pedro Lacerda

Em apenas seis meses, Guarulhos registrou a morte de quatro ciclistas vítimas de acidentes de trânsito. O número é superior ao observado em todo o ano passado, quando três óbitos foram contabilizados na cidade.

Neste ano, os meses que registraram estes números foram fevereiro com duas mortes; e abril e maio com uma ocorrência em cada mês. Comparados à capital, estes números são menores, visto que em São Paulo até o momento, foram contabilizados sete óbitos envolvendo ciclistas.

Campinas, o terceiro maior município do estado, contemplou três acidentes fatais com ciclistas, um registro a menos do que no município guarulhense. Já em todo o ano passado, Campinas contabilizou oito mortes, cinco a mais que em Guarulhos.

Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom