Em Guarulhos, acidente de trânsito mata quase um jovem por semana

Lucy Tamborino

Pessoas com idade entre 18 e 29 representaram 40% das vítimas fatais decorrentes de acidentes de trânsito neste primeiro semestre em Guarulhos. Em média, pelo menos uma pessoa morreu com esse perfil a cada oito dias na cidade. Os dados foram divulgados na sexta-feira (19) pelo Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP). 

De acordo com o levantamento, de todo os 55 óbitos por acidente de trânsito em Guarulhos neste ano, 21 vítimas foram pessoas nesta faixa etária. Já em 2018 dos 73 óbitos no semestre, 26 pessoas tinham este perfil – representando 36% do total.

Mesmo com os índices negativos para essa faixa etária, nos dados gerais a queda de acidentes fatais foi de 36%. No total, 44 pessoas que morreram nestas ocorrências são do sexo masculino – representando 80% de todos os registros e onze são do sexo feminino (20%). As vítimas fatais foram em sua maioria os condutores representando 42%, seguidos dos pedestres que somaram 35% e dos passageiros 18%. Já em todo o estado de São Paulo, o número de vítimas fatais diminuiu. Até o mês passado 2.593 pessoas morreram, em 2018 o número foi de 2.645 – 2% a menos.

O Infosiga-SP é um relatório que traz informações mensais sobre acidentes e óbitos em consequência de ocorrências no trânsito, em todo o estado. O documento apresenta dados do gênero, faixa etária, perfil da vítima e tipos de acidentes. O programa é baseado na triagem e tabulação de boletins de ocorrência da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal.