Em dois anos, Guarulhos registrou 555 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes; apenas 31 acusados foram presos

Entre os anos de 2018 e 2019, Guarulhos registrou um total de 555 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes. No período, 31 acusados foram presos – o que representa 5% dos registros.

Os dados foram enviados à Folha Metropolitana pelo “Movimento Guarulhos Contra a Pedofilia” que obteve junto a Secretaria de Segurança Pública do Estado, por meio da Lei de Acesso à Informação.

Segundo os dados, em 2018 um total de 297 boletins de ocorrência foram registrados no município. No ano seguinte, foram 258 BOs. O levantamento revela, ainda, que em 2018 foram efetuadas sete prisões em flagrante e expedidos outros sete mandados. Já no ano passado o total de prisões em flagrante foi de nove e outro oito mandados expedidos. A média de idade é de crianças com oito anos.

Segundo as estatísticas de criminalidade divulgadas pela SSP, somente no primeiro semestre deste ano já foram contabilizados 113 casos de estupro de vulnerável – menores de 14 anos ou com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.