Em 2018, 24,4% da indústria paulista deve ampliar contratações, aponta Fiesp

Dados da pesquisa Rumos, apresentada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias (Ciesp), mostram que há expectativa de recuperação do emprego para a indústria paulista em 2018, com 24,4% dos industriais afirmando que pretendem aumentar o número de vagas. Em 2017, apenas 16,5% disseram ter ampliado postos de trabalho.

A pesquisa destaca que ao comparar os dois anos, a segurança jurídica ganhou relevância em 2018, com a reforma trabalhista, como justificativa para o aumento do quadro de empregados, considerado por 1,2% dos entrevistados para 2017 e 8,9% para 2018.

Do total de entrevistados, apenas 10% afirmaram que pretendem enxugar vagas este ano, enquanto 63,5% querem manter as posições de trabalho estáveis. Em 2017, 43,2% declararam que reduziram seu quadro de empregado e 40,3% mantiveram os postos de trabalho estáveis. A pesquisa, realizada com 509 empresas da indústria de transformação no Estado de São Paulo, aconteceu entre os dias 11 e 26 de janeiro de 2018. A coleta das informações foi feita por e-mail com o questionário disponível na internet.

Entre as empresas que ainda pretendem reduzir o quadro de empregados em 2018, a justificativa é a perspectiva de aumento da produtividade na indústria paulista, com investimento em automação da produção e melhora do processo produtivo, indicada por 9,8% das entrevistadas, enquanto que em 2017 esse cenário era avaliado por apenas 0,5% delas.

Foto: ANPr