ELEIÇÕES ARUJÁ: Camargo é vítima de crime eleitoral e polícia apreende 30 mil jornais com informações difamatórias

A Polícia Militar apreendeu ontem 30 mil jornais com informações falsas que difamavam e caluniavam o candidato à Prefeitura de Arujá, Luís Camargo (PSD).

Camargo foi informado às 6h pelo vice de sua chapa Betinho Gil (Podemos) de que jornais estavam sendo distribuídos no bairro Parque Rodrigo Barreto. Ao chegar no local, um veículo foi encontrado com o material, juntamente com as pessoas que estavam entregando. “Os jornais falsos foram todos apreendidos. Começaram a ser distribuídos às 3h da manhã. Precisamos livrar a nossa cidade dessa velharia. São nove contra um, mas Deus é maior, a população está com a gente e junto com vocês faremos uma administração honesta e transparente”, disse Camargo durante live nas redes sociais em frente à delegacia.

A polícia conduziu todos os envolvidos para a delegacia, onde um boletim de ocorrência foi lavrado. “É contra isso que estamos lutando. Eles vão ter que responder na Justiça. Nós temos uma ideia de quem está por trás porque eles são de Santo André. Nossa candidatura segue firme e forte”, destacou Camargo.